terça-feira, 30 de setembro de 2008

"Violao"

Violão

Um dia eu vi numa estrada um arvoredo caído
Não era um tronco qualquer
Era madeira de pinho
E um artesão esculpia o corpo de uma mulher.
Depois eu vi pelo noite
O artesão nos caminhos colhendo raios de lua
Fazia cordas de prata que, se esticadas, vibravam
O corpo da mulher nua.
E o artesão, finalmente,
Nesta mulher de madeira botou o seu coração
E lhe apertou contra o peito
E deu-lhe um nome bonito
E assim nasceu o violão.


Violao (Sueli Costa & Paulo Cesar Pinheiro) - Marcio Lott(2006)
clique aqui!

Violao (Sueli Costa & Paulo Cesar Pinheiro) - Marianna Leporace & Willians Pereira(2004)
clique aqui!

Violao (Sueli Costa & Paulo Cesar Pinheiro) - Ze Luiz Mazziotti & Fatima Guedes ao vivo

video

"Beijo partido"

Beijo partido

Sabe, eu não faço fé nessa minha loucura
E digo eu não gosto de quem me arruína em pedaços
E Deus é quem sabe de ti
E eu não mereço um beijo partido
Hoje não passa de um dia perdido no tempo
E fico longe de tudo o que sei
Não se fala mais nisso
Eu sei, eu serei pra você o que não me importa saber
Hoje não passo de um vaso quebrado no peito
E grito olha o beijo partido
Onde estará a rainha
Que a lucidez escondeu, escondeu ...


Beijo partido (Toninho Horta) - Aquarius(1976)
clique aqui!

Beijo partido (Toninho Horta) - Barbara Casini(2000)
clique aqui!

Beijo partido (Toninho Horta) - Toninho Horta ao vivo

video

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

"Bom dia tristeza"

Bom dia tristeza

Bom dia, tristeza!
Que tarde tristeza,
Você veio hoje me ver.
Já estava ficando
Até meio triste
De estar tanto tempo
Longe de você.
Se chegue tristeza,
Se sente, tristeza,
Aqui nesta mesa de bar.
Beba do meu copo,
Me dê o seu ombro
Que é para eu chorar,
Chorar de tristeza,
Tristeza de amar.


Bom dia tristeza (Adoniran Barbosa & Vinicius) - Catavento(1997)
clique aqui!

Bom dia tristeza (Adoniran Barbosa & Vinicius) - Wilson Miranda & Adoniran Barbosa(1978)
clique aqui!

Bom dia tristeza (Adoniran Barbosa & Vinicius) - Cauby Peixoto ao vivo

video

"Espere por mim, morena"

Espere por mim, morena

Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você morena
Faz a saudade me apressar
Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você, morena
Faz a saudade me apressar
Tira um sono na rede,
Deixa a porta encostada
Que o vento da madrugada
Já me leva pra você
E antes de acontecer,
O sol a barra vir quebrar
Estarei nos teus braços para nunca mais voar
E nas noites de frio serei o teu cobertor
Esquentarei o teu corpo com meu calor
Ah, minha santa, te juro,
Por Deus Nosso Senhor
Nunca mais minha morena
Vou fugir do teu amor
Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você, morena
Faz a saudade me apressar
Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você, morena
Faz a saudade me apressar
Tira um sono na rede,
Deixa a porta encostada
Que o vento da madrugada
Já me leva pra você
E antes de acontecer,
O sol a barra vir quebrar
Estarei nos teus braços para nunca mais voar
E nas noites de frio serei o teu cobertor
Esquentarei o teu corpo com meu calor
Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você, morena
Faz a saudade me apressar
Espere por mim, morena
Espere que eu chego já
O amor por você, morena
Faz a saudade me apressar


Espere por mim, morena (Gonzaguinha) - Fagner(1998)
clique aqui!

Espere por mim, morena (Gonzaguinha) - Gonzaguinha(1976)
clique aqui!

Espere por mim, morena (Gonzaguinha) - Pebba

video

"Maria ninguem"

Maria ninguém

Maria ninguém
É Maria e é Maria meu bem
Se eu não sou João de nada
A Maria que é minha
É Maria ninguém
Maria ninguém
É Maria como as outras também
Só que tem que ainda é melhor
Do que muita Maria que há por aí
Marias tão frias, cheias de manias
Marias vazias pro nome que tem
Maria ninguém
É um dom que muito homem não tem
Haja visto quanta gente que chama Maria
E Maria não vem
Maria ninguém
É Maria e é Maria meu bem
Se eu não sou João de nada
A Maria que é minha
É Maria ninguém
Maria ninguém


Maria ninguem (Carlos Lyra) - Bola 7(1959)
clique aqui!

Maria ninguem (Carlos Lyra) - Joao Gilberto(1959)
clique aqui!

domingo, 28 de setembro de 2008

"Ternura antiga"

Ternura antiga

Ai, a rua escura, o vento frio
Esta saudade, este vazio
Esta vontade de chorar
Ai, tua distância tão amiga
Esta ternura tão antiga
E o desencanto de esperar
Sim, eu não te amo porque quero
Ah, se eu pudesse esqueceria
Vivo, e vivo só porque te espero
Ai, esta amargura, esta agonia


Ternura antiga (Ribamar & Dolores Duran) - Jane Duboc(1993)
clique aqui!

Ternura antiga (Ribamar & Dolores Duran) - Luciene Franco(1960)
clique aqui!

Ternura antiga (Ribamar & Dolores Duran) - Alcione & Maria Bethania

video

"Voce nao sabe amar"

Você não sabe amar

Você não sabe amar, meu bem
Não sabe o que é o amor
Nunca sofreu, nunca viveu
Querer saber mais que eu
O nosso amor parou aqui
E foi melhor assim
Eu esperava, você também
Que esse fosse seu fim
O nosso amor não teve, querida,
As coisas boas da vida
Foi bom pra nós, para você
E bem melhor pra mim


Voce nao sabe amar (Carlos Guinle & Hugo Lima & Dorival Caymmi) - Nair Candia & Jaime Alem(2001)
clique aqui!

Voce nao sabe amar (Carlos Guinle & Hugo LIma & Dorival Caymmi) - Paula Morelenbaum & Joao Donato(2008)
clique aqui!

Voce nao sabe amar (Carlos Guinle & Hugo Lima & Dorival Caymmi) - Nana Caymmi ao vivo

video

"Brisa do mar"

Brisa do mar

Brisa do mar
Confidente do meu coração
Me sinto capaz de uma nova ilusão
Que também passará
Como ondas na beira de um cais
Juras, promessas, canções
Mas por onde andarás
Pra ser feliz não há uma lei
Não há porém sempre é bom
Viver a vida atento ao que diz
No fundo do peito o seu coração
E saber entender
Os segredos que ele ensinou
Mensagens sutis
Como a brisa do mar


Brisa do mar (Joao Donato & Abel Silva) - Nana Caymmi(1981)
clique aqui!

Brisa do mar (Joao Donato & Abel Silva) - Os Cariocas(1997)
clique aqui!

Brisa do mar (Joao Donato & Abel Silva) - Desconhecido

video

sábado, 27 de setembro de 2008

"Amor, amor"

Amor, amor

Quando o mar
Quando o mar tem mais segredo
Não é quando ele se agita
Nem é quando é tempestade
Nem é quando é ventania
Quando o mar tem mais segredo
É quando é calmaria
Quando o amor
Quando o amor tem mais perigo
Não é quando ele se arrisca
Nem é quando ele se ausenta
Nem quando eu me desespero
Quando o amor tem mais perigo
é quando ele é sincero


Amor, amor (Sueli Costa & Cacaso) - Lucinha Lins(2002)
clique aqui!

Amor, amor (Sueli Costa & Cacaso) - Sueli Costa(1977)
clique aqui!

"Fim de semana em Eldorado"

Fim de semana em Eldorado

Fim de semana em Eldorado
Com você sempre ao meu lado
Deu uma idéia de romance
Porém sabendo que você já possuía um bem querer
Deixei de lado a minha chance
E agora fico a relembrar
Que querer me declarar a você
Será inútil
Tudo por culpa de um cenário
Tendo a selva qual
Rosário ocultando a cidade
E uma lagoa de água doce foi a única que trouxe
Eu e você junto à verdade
Mas tudo eu vou deixar calado
Embora aguarde ansioso outro domingo em Eldorado


Fim de semana em Eldorado (Johnny Alf) - Fernanda Cunha(2004)
clique aqui!

Fim de semana em Eldorado (Johnny Alf) - Tenorio Jr.(1964)
clique aqui!

Fim de semana em Eldorado (Johnny Alf) - Marcelo Amazonas

video

"Gago apaixonado"

Gago apaixonado

Mu-mu-mulher, em mim fi-fizeste um estrago
Eu de nervoso estou-tou fi-ficando gago
Não po-posso com a cru-crueldade da saudade
Que que mal-maldade, vi-vivo sem afago
Tem tem pe-pena deste mo-moribundo
Que que já virou va-va-va-va-ga-gabundo
Só só só só por ter so-so-sofri-frido
Tu tu tu tu tu tu tu tu
Tu tens um co-coração fi-fi-fingido
Mu-mu-mulher, em mim fi-fizeste um estrago
Eu de nervoso estou-tou fi-ficando gago
Não po-posso com a cru-crueldade da saudade
Que que mal-maldade, vi-vivo sem afago
Teu teu co-coração me entregaste
De-de-pois-pois de mim tu to-toma-maste
Tu-tua falsi-si-sidade é pro-profunda
Tu tu tu tu tu tu tu tu
Tu vais fi-fi-ficar corcunda!


Gago apaixonado (Noel Rosa) - MPB4(1970)
clique aqui!

Gago apaixonado (Noel Rosa) - Noel Rosa(1987)
clique aqui!

Gago apaixonado (Noel Rosa) - Chico Buarque & Caetano Veloso & Evandro Mesquita ao vivo

video

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

"Tom maior"

Tom maior

Esta em você
O que o amor gerou
Ele vai nascer, e há de ser sem dor
Ah! Eu hei de ver
Você ninar e ele dormir
Hei de vê-lo andar
Falar, sorrir
Ah! Eu hei de ver
Você ninar e ele dormir
Hei de vê-lo andar
Falar, cantar, sorrir
E então quando ele crescer
Vai ter que ser homem de bem
Vou ensina-lo a viver
Onde ninguém é de ninguém
Vai ter que amar a liberdade
Só vai cantar em Tom Maior
Vai ter a felicidade de
Ver um Brasil melhor


Tom maior (Martinho da Vila) - Martinalia(2008)
clique aqui!

Tom maior (Martinho da Vila) - Martinho da Vila(1969)
clique aqui!

Tom maior (Martinho da Vila) - Martinho da Vila ao vivo

video

"E doce morrer no mar"

É doce morrer no mar

É doce morrer no mar,
Nas ondas verdes do mar
A noite que ele não veio foi,
Foi de tristeza pra mim
Saveiro voltou sozinho
Triste noite foi pra mim
É doce...
Saveiro partiu de noite, foi
Madrugada não voltou
O marinheiro bonito
Sereia do mar levou.
É doce...
Nas ondas verdes do mar, meu bem
Ele se foi afogar
Fez sua cama de noivo
No colo de Iemanjá


E doce morrer no mar (Dorival Caymmi & Jorge Amado) - Isa Taube(1996)
clique aqui!

E doce morrer no mar (Dorival Caymmi & Jorge Amado) - Lenine(2000)
clique aqui!

E doce morrer no mar (Dorival Caymmi & Jorge Amado) - Dorival Caymmi

video

"Quem tem a viola"

Quem tem a viola

Quem tem a viola pra se acompanhar
Não vive sozinho nem pode penar
Tem som de rio numa corda de metal
Tem o mar no acorde final
Quem tem a viola pra se acompanhar
Não vive sozinho nem pode penar
Tem tom de roupa quando seca no varal
Luz do sol quando cai no cristal
Faz o luar brilhar
E um coração vazio
Voa vadio
Feito uma pipa no ar


Quem tem a viola (Xico Chaves & Juca Filho & Claudio Nucci & Ze Renato) - 14 Bis & Boca Livre ao vivo(2000)
clique aqui!

Quem tem a viola (Xico Chaves & Juca Filho & Claudio Nucci & Ze Renato) - Marianna Leporace & Willians Pereira(2004)
clique aqui!

Quem tem a viola (Xico Chaves & Juca Filho & Claudio Nucci & Ze Renato) - Ze Renato & Claudio Nucci ao vivo

video

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

"Comunicacao"

Comunicação

"Roda, roda, roda e avisa, um minuto de comercial..."
Sigo o anúncio e vejo
Em formas de desejo
Um sabonete
Em formas de sorvete
Acordo e durmo
na televisãã......ão!
Creme dental, saúde
Tudo num sorriso
Um paraíso
Quase que jogado e funcionado
Num comerciaa......al!
Só tomava chá
Quase que forçado
Vou tomar café
Ligo o aparelho
Vejo o rei Pelé
Vamos, então, repetir
o Goo......ol!
E na lua sou
Mais um cosmonauta patrocinador
Chego atrasado
Perco meu amor
Mas um anúncio sensacionaa......al!
Ponho um aditivo
Dentro da panela,
Gasolina, passo na janela,
Na cozinha, tem mais um fogão
Tocam a campanhinha
Mas uma pesquisa,
Eu suponho
Que enlouquecido,
Já suponho
Do comerciaa......al!
Só tomava chá
Quase que forçado
Vou tomar café
Ligo o aparelho
Vejo o rei Pelé
Vamos, então, repetir
o Goo......ol!
E na lua sou
Mais um cosmonauta patrocinador
Chego atrasado
Perco meu amor
Mas um anúncio sensacionaa......al!
Ponho um aditivo
Dentro da panela,
Gasolina, passo na janela
Na cozinha, tem mais um fogão
Tocam a campanhinha
Mas uma pesquisa,
Eu suponho
Que enlouquecido,
Já suponho
Do comerciaa......al!
Lálálá, Lálálá...Gooool!!!
Lálálá...


Comunicacao (Edson Alencar & Helio Goncalves Mateus) - Elis Regina(1970)
clique aqui!

Comunicacao (Edson Alencar & Helio Goncalves Mateus) - Vanusa(1969)
clique aqui!

Comunicacao (Edson Alencar & Helio Goncalves Mateus) - Elis Regina

video

"Acertei no milhar"

Acertei no milhar

Etelvina,
Acertei no milhar!
Ganhei quinhentos contos, não vou mais trabalhar
você dê toda roupa velha aos pobres
e a mobília podemos quebrar
"Isso é pra já, vamos quebrar.
Etelvina, vai ter outra lua-de-mel
você vai ser madame
vai morar num grande hotel
eu vou comprar um nome não sei onde
de Marquês Morengueira de Visconde
um professor de francês mon amour
eu vou mudar seu nome pra Madame Pompadour
Até que enfim, agora sou feliz
vou percorrer a Europa toda até Paris
e nossos filhos, oh, que inferno
eu vou pô-los num colégio interno
me telefone pro Mané do armazém
Alo!
porque não posso ficar devendo nada a ninguém
e vou comprar um avião azul
para percorrer a América do Sul
mas de repente, derrepenguente
Etelvina me chamou está na hora do batente
mas de repente, derrepe derrepenguente
Foi um sonho, minha gente


Acertei no milhar (Geraldo Pereira & Wilson Batista) - Jorge Veiga(1971)
clique aqui!

Acertei no milhar (Geraldo Pereira & Wilson Batista) - Jards Macale(2001)
clique aqui!

Acertei no milhar (Geraldo Pereira & Wilson Batista) - Coral da Unifesp ao vivo

video

"Travessia"

Travessia

Quando você foi embora
Fez-se noite em meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito,
Hoje eu tenho que chorar
Minha casa não é minha,
E nem é meu este lugar
Estou só e não resisto,
Muito tenho prá falar
Solto a voz nas estradas,
Já não quero parar
Meu caminho é de pedras,
Como posso sonhar
Sonho feito de brisa,
Vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto,
Vou querer me matar
Vou seguindo pela vida
Me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte,
Tenho muito que viver
Vou querer amar denovo
E se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço
Com meu braço o meu viver
Solto a voz nas estradas,
Já não quero parar
Meu caminho é de pedras,
Como posso sonhar
Sonho feito de brisa,
Vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto,
Vou querer me matar
Vou seguindo pela vida
Me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte,
Tenho muito que viver
Vou querer amar denovo
E se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço
Com meu braço o meu viver


Travessia (Milton Nascimento & Fernando Brant) - Luiz Eca & Brazil 70(1970)
clique aqui!

Travessia (Milton Nascimento & Fernando Brant) - O Grupo(1968)
clique aqui!

Travessia (Milton Nascimento & Fernando Brant) - Milton Nascimento ao vivo

video

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

"Milagre dos peixes"

Milagre dos peixes

Eu vejo esses peixes e vou de coração
Eu vejo essas matas e vou de coração à natureza
Telas falam colorido de crianças coloridas
De um gênio televisor

E no ardor de nossos novos santos
O sinal de velhos tempos
Morte, morte, morte ao amor
Eles não falam do mar e dos peixes

Nem deixam ver a moça, pura canção
Nem ver nascer a flor, nem ver nascer o sol
E eu apenas sou um a mais, um a mais

A falar dessa dor, a nossa dor
Desenhando nessas pedras
Tenho em mim todas as cores
Quando falo coisas reais

E no silêncio dessa natureza
Eu que amo meus amigos
Livre, quero poder dizer

Eu vejo esses peixes e dou de coração


Milagre dos peixes (Milton Nascimento & Fernando Brant) - Monica Passos(2003)
clique aqui!

Milagre dos peixes (Milton Nascimento & Fernando Brant) - Vocalise(2003)
clique aqui!

Milagre dos peixes (Milton Nascimento & Fernando Brant) - Milton Nascimento ao vivo

video

"Pedro do pedregulho"

Pedro do pedregulho

Pedro dos Santos vivia no Morro do Pedregulho
Quebrando boteco, fazendo barulho
Até com a própria polícia brigou.
Vivia do jogo, e quando perdia só mesmo moamba
Rasgava pandeiro, acabava com o samba
Parece mentira, Pedro endireitou
Estelinha, o orgulho do morro, mulher disputada
Que quando ia ao samba saia pancada
Ao Pedro dos Santos deu seu grande amor
E ele trocou o revólver que usava, fingindo embrulho
Por uma marmita, e sobe o Pedregulho
De noite, cansado do seu batedor.


Pedro do pedregulho (Geraldo Pereira) - Geraldo Pereira(1951)
clique aqui!

Pedro do pedregulho (Geraldo Pereira) - Joao Nogueira(1981)
clique aqui!

"O cantador"

O cantador

Amanhece, preciso ir
Meu caminho é sem volta e sem ninguém
Eu vou pra onde a estrada levar
Cantador, só sei cantar
Ah! eu canto a dor, canto a vida e a morte, canto o amor
Ah! eu canto a dor, canto a vida e a morte, canto o amor

Cantador não escolhe o seu cantar
Canta o mundo que vê
E pro mundo que vi meu canto é dor
Mas é forte pra espantar a morte
Pra todos ouvirem a minha voz
Mesmo longe ...
De que servem meu canto e eu
Se em meu peito há um amor que não morreu
Ah! se eu soubesse ao menos chorar
Cantador, só sei cantar
Ah! eu canto a dor de uma vida perdida sem amor
Ah! eu canto a dor de uma vida perdida sem amor


O cantador (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Joyce & Dori Caymmi(1998)
clique aqui!

O cantador (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Marianna Leporace & Willians Pereira(2004)
clique aqui!

O cantador (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Elis Regina ao vivo

video

domingo, 21 de setembro de 2008

"Modinha para Gabriela"

PRÁ MINHA FILHA!

Modinha Para Gabriela

Quando eu vim para esse mundo
Eu não atinava em nada
Hoje eu sou Gabriela
Gabriela ê meus camaradas

Eu nasci assim eu cresci assim e sou mesmo sim
Vou ser sempre assim Gabriela, sempre Gabriela
Quem me batizou quem me nomeou
Pouco me importou é assim que eu sou
Gabriela sempre Gabriela

Quando eu vim para esse mundo
Eu não atinava em nada
Hoje eu sou Gabriela
Gabriela ê meus camaradas

Eu nasci assim eu cresci assim e sou mesmo sim
Vou ser sempre assim Gabriela, sempre Gabriela
Quem me batizou quem me nomeou
Pouco me importou é assim que eu sou
Gabriela sempre Gabriela
Gabriela sempre Gabriela
Eu nasci assim eu cresci assim e sou mesmo sim
Vou ser sempre assim Gabriela, sempre Gabriela
Eu sou sempre igual não desejo o mal
Amo o natural etc e tal


Modinha para Gabriela (Dorival Caymmi) - Gal Costa(1975)
clique aqui!

Modinha para Gabriela (Dorival Caymmi) - Tania Maya(2000)
clique aqui!

Modinha para Gabriela (Dorival Caymmi) - Desconhecida ao vivo

video

"Tema de amor de Gabriela"

PRÁ MINHA FILHA!

Tema de amor de Gabriela

Chega mais perto, moço bonito
Chega mais perto, meu raio de sol
A minha casa é um escuro deserto
Mas com você ela é cheia de sol
Molha tua boca na minha
A tua boca é meu doce, é meu sal
Mas quem sou eu nessa vida tão louca
Mais um palhaço no teu carnaval
Casa de sombra, vida de monge
Quanta cachaça na minha dor
Volta pra casa, fica comigo
Vem que eu te espero tremendo de amor


Tema de amor de Gabriela (Tom Jobim) - Grupo Chovendo na Roseira(1988)
clique aqui!

Tema de amor de Gabriela (Tom Jobim) - Zeze Motta(1995)
clique aqui!

Tema de amor de Gabriela (Tom Jobim) - Cantares ao vivo

video

sábado, 20 de setembro de 2008

"Despejo da saudade"

Despejo da saudade

Eu dei à saudade, apenas pousada
Ela pensou, que fosse moradia
Ah! coitada, ficou tão desapontada
Clareou o dia, foi despejada
Ela pensou, que fosse ficar
Somente pra me torturar
Vá saudade, procurar quem te mandou
E diga que não me encontrou
Eu dei à saudade, apenas pousada
Ela pensou, que fosse moradia
Coitada, ficou tão desapontada
Clareou o dia, foi despejada


Despejo da saudade (Monsueto Menezes & Jose Batista) - Angela Maria(1962)
clique aqui!

Despejo da saudade (Monsueto Menezes & Jose Batista) - Virginia Rosa(2008)
clique aqui!

"Entrudo"

Entrudo

Vem ó minha amada
Desce a estrada de rainha
No passo do rancho
Corre o manto
No medo e no espanto
Morre minha alegria
Vem ó fantasia
Arrasta a saia
Rasga o dia
Teu passo a compasso
Na avenida
Teu riso que dança,
Trança triste e sofrido
Se meu abandono
Em cinzas frias
Amanhece
Mas o sangue
Não se cansa
Não se esquece
De chamar
Eu abro alas
Jogo lanças
Serpentinas
De cores feridas
E rompo estandartes
Na avenida
Em dor
Sem sol, sem luz
Sem céu, sem cor
Mas vem,
Ó tudo ou nada
Meu entrudo
Minha espera
Meus campos de guerra
Vem amada
De tanto que eu canto
Chamo,
Peço e preciso


Entrudo (Carlos Lyra & Ruy Guerra) - Carlos Lyra(1972)
clique aqui!

Entrudo (Carlos Lyra & Ruy Guerra) - Elis Regina(1979)
clique aqui!

"Corsario"

Corsário

Meu coração tropical
Está coberto de neve, mas
Ferve em seu cofre gelado
E a voz vibra e a mão escreve: Mar
Bendita a lâmina grave
Que fere a parede e traz
As febres loucas e breves
Que mancham o silêncio e o cais
Roseirais! Nova Granada de Espanha!
Por você, eu, teu corsário preso,
Vou partir a geleira azul da solidão
E buscar a mão do mar,
Me arrastar até o mar,
Procurar o mar
Mesmo que eu mande em garrafas
Mensagens por todo o mar
Meu coração tropical
Partirá esse gelo e irá
Com as garrafas de náufragos e as rosas
Partindo o ar
Nova Granada de Espanha
E as rosas partindo o ar!


Corsario (Joao Bosco & Aldir Blanc) - Monica Passos(2003)
clique aqui!

Corsario (Joao Bosco & Aldir Blanc) - Ney Matogrosso(1975)
clique aqui!

Corsario (Joao Bosco & Aldir Blanc) - Elis Regina

video

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

"Molambo"

Molambo

Eu sei que vocês vão dizer
que é tudo mentira, que não pode ser.
Porque depois de tudo que ela me fez,
eu jamais deveria aceitá-la outra vez.
Bem sei que assim procedendo
me exponho ao desprezo de todos vocês.
Lamento, mas fiquem sabendo
que ela voltou, e comigo ficou.
Ficou pra matar a saudade,
a tremenda saudade, que não me deixou.
Que não me deu sossego um momento sequer,
desde o dia em que ela me abandonou.
Ficou pra impedir que a loucura
fizesse de mim um molambo qualquer.
Ficou desta vez para sempre,
se Deus quiser.


Molambo (Jayme Florence & Augusto Mesquita) - Luciana Mello(2004)
clique aqui!

Molambo (Jayme Florence & Augusto Mesquita) - Silvia Maria(1974)
clique aqui!

Molambo (Jayme Florence & Augusto Mesquita) - Odete Lara ao vivo

video

"E a vida continua"

E a vida continua

Eu encontrei
Ontem na rua o meu amor
Aquele amor
Que pôs em mim tanta amargura
E recordei, estando só,
A ternura de outrora
Tempo feliz que se resume
Em lembranças agora
Alguém te amou
E hão de te amar
Como eu te amei
Há corações que te darão
O que te dei
Tu passas pela rua
E a vida continua
E em mim também
Esta saudade sempre tua


E a vida continua (Evaldo Gouveia & Jair Amorim) - Dalva de Oliveira(1962)
clique aqui!

E a vida continua (Evaldo Gouveia & Jair Amorim) - Rosana Toledo(1962)
clique aqui!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

"Haja o que houver"

Haja o que houver

Bata, se queres bater
Será pra mim um prazer
Ajoelhar-me no chão
Pedindo perdão
De um mal que não fiz.
De você só quero isto
Que você saiba que existo
E o mal que vem de você
Me fará feliz.
Xingue, maltrate, eu sou tua
Pode jogar-me na rua
E coitadinho daquele
Que se intrometer
Eu vou dizer e repito
Você é meu infinito
Haja o que houver cantarei
Parabéns pra você


Haja o que houver (Fernando Cesar & Nazareno de Brito) - Lana Bittencourt(1958)
clique aqui!

Haja o que houver (Fernando Cesar & Nazareno de Brito) - Maria Alcina(1979)
clique aqui!

"Ai quem me dera"

Ai quem me dera

Ai quem me dera ser poeta
Pra cantar em seu louvor
Belas canções, lindos poemas,
Doces frases de amor
Infelizmente, como eu
Não aprendi o A-B-C
Eu faço sambas de ouvido pra você
Depois de muitas frases lapidar, eu percebi
Que as rimas que eu preciso,
Essas rimas esqueci
E que o verbo amar não se conjuga sem você
Eu faço sambas de ouvido pra você


Ai quem me dera (Tom Jobim & Marino Pinto) - Barbara Casini Quartet(2003)
clique aqui!

Ai quem me dera (Tom Jobim & Marino Pinto) - Familia Roitman(1995)
clique aqui!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

"Legua tirana"

Légua tirana

Oh que estrada mais comprida
Oh que légua tão tirana
Ai se eu tivesse asas
Inda hoje eu via Ana
Quando o sol tostou as folhas
E bebeu o riachão
Fui inté o Juazeiro
Pra fazer minha oração
Tô voltando estrupiado
Mais alegre o coração
Padim Ciço ouviu minha prece
Fez chover no meu sertão
Oh que estrada mais comprida
Oh que légua tão tirana
Ai se eu tivesse asas
Inda hoje eu via Ana
Varei mais de vinte serras
De alpercata e pé no chão
Mesmo assim como inda farta
Pra chegar no meu rincão
Trago um terço pra das Dores
Pra Reimundo um violão
E pra ela, e pra ela
Trago eu e o coração


Legua tirana (Luiz Gonzaga & Humberto Teixeira) - Azeitona(1984)
clique aqui!

Legua tirana (Luiz Gonzaga & Humberto Teixeira) - Dominguinhos & Alceu Valenca(1997)
clique aqui!

Legua tirana (Luiz Gonzaga & Humberto Teixeira) - Elba Ramalho

video

"Laura"

Laura

Um vale em flor, a fonte,
O rio cantando
O sol banhando a estrada,
Frases de amor
Laura,
Um sorriso de criança
Laura,
Nos cabelos uma flor
Ô Laura,
Como é linda a vida!
Ô Laura,
Como é grande o amor!
Depois o adeus, o lenço,
A estrada, a distância,
O asfalto, a noite, o bar,
As taças de dor
Laura,
Que é da rosa dos cabelos
Laura,
Que é do vale sempre em flor
Ô Laura,
Que é do teu sorriso
Ô Laura,
Que é do nosso amor


Laura (Braguinha & Alcir Pires Vermelho) - Carlos Jose(1958)
clique aqui!

Laura (Braguinha & Alcir Pires Vermelho) - Eduardo Dusek(1987)
clique aqui!

"Laranja madura"

Laranja madura

Voce diz que me da casa e comida
Boa vida e dinheiro prá gastar
O que é que há, minha gente o que é que há
Tanta bondade que me faz desconfiar
Laranja madura na beira da estrada
Tá bichada Zé ou tem marimbondo no pé
Santo que vê muita esmola na sua sacola
Desconfia e não faz milagres não
Gosto de Maria Rosa mas quem me dá prosa é Rosa Maria
Vejam só que confusão
Laranja madura na beira da estrada
Tá bichada Zé ou tem marimbondo no pé


Laranja madura (Ataulfo Alves) - Casuarina(2005)
clique aqui!

Laranja madura (Ataulfo Alves) - Itamar Assumpcao(1996)
clique aqui!

Laranja madura (Ataulfo Alves) - Solange Sa

video

terça-feira, 16 de setembro de 2008

"Aperto de mao"

Aperto de mão

Aquele aperto de mão
Não foi adeus
A nossa separação
Não convenceu
Sim, seja tudo
Pelo amor de Deus
Você quer voltar
E eu gostei porque
Já estava louco pra ver você
Sei que vão falar mal
Por eu não cumprir
Uma jura que fiz
Antes de partir
Nesta história de amor
Todos são iguais
Até rei volta a sua
Palavra atrás
Confesso que não podia mais.


Aperto de mao (Horondino Silva & Jayme Florence & Augusto Mesquita) - Marcia(1969)
clique aqui!

Aperto de mao (Horondino Silva & Jayme Florence & Augusto Mesquita) - Teca Calazans(2007)
clique aqui!

"Oferenda"

Oferenda

Vim trazer a flor que prometi será mais branca, Iemanjá
eu vivo só a esperar, Iemanjá
os cinco dias de promessa feitos prá você.
Ah, me trás o amor
que sempre branca há de ser
a eterna flor
que levarei bem junto ao mar
e voltarei prá lhe contar a linda estória
que virá
por sua causa Iemanjá
Por sua causa eu já vejo
o mar inteiro iluminado a refletir
o quanto é grande
a esperança de quem trás
a flor mais branca que houver
Lindo Iemanjá, Iemanja.....


Oferenda (Luiz Eca & Lenita Eca) - Gracinha Leporace(1967)
clique aqui!

Oferenda (Luiz Eca & Lenita Plontzinski) - Pery Ribeiro & Luiz Eca(1986)
clique aqui!

"Beco sem saida"

Beco sem saida (Silvio Caldas) - Noite Ilustrada(2001)
clique aqui!

Beco sem saida (Silvio Caldas) - Silvio Caldas(1976)
clique aqui!

"Quando o samba acabou"

Quando o samba acabou

Lá no morro da Mangueira
Bem em frente a ribanceira
Uma cruz a gente vê
Quem fincou foi a Rosinha
Que é cabrocha de alta linha
E nos olhos tem seu não sei que
Numa linda madrugada
Ao voltar da batucada
Pra dois malandros olhou a sorrir
Ela foi se embora
Os dois ficaram
E depois se encontraram
Pra conversar e discutir
Lá no morro
Uma luz somente havia
Era lua que tudo assistia
Mas quando acabava o samba se escondia
Na segunda batucada
Disputando a namorada
Foram os dois improvisar
E como em toda façanha
Sempre um perde e outro ganha
Um dos dois parou de versejar
E perdendo a doce amada
Foi fumar na encruzilhada
Passando horas em meditação
Quando o sol raiou
Foi encontrado
Na ribanceira estirado
Com um punhal no coração
Lá no morro uma luz somente havia
Era Sol quando o samba acabou
De noite não houve lua
ninguém cantou


Quando o samba acabou (Noel Rosa) - Ione Papas(2000)
clique aqui!

Quando o samba acabou (Noel Rosa) - Nelson Goncalves(1956)
clique aqui!

Quando o samba acabou (Noel Rosa) - Cristina Buarque e ilustracoes de Rogerio

video

"Jogo de damas"

Jogo de damas

Eu sei da sua vida e do seu passado
De um tempo perdido e recuperado
Eu sei da poeira e de todos os seus passos
Das suas trapaças, dos seus abraços
Eu sei da sua fama e dos seus amores
Das suas proezas, dos seus dissabores
Da cor da sua roupa e do seu pouco valor
Você nessa vida foi só desamor
Dama hoje alguém que te engana
De veste de santa e não sabe porque
Te pisam te xigam ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje a dama não passa de pedra perdida
Te veste de santa não sabe porque
Te pisam te xingam ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje é pedra perdida de um jogo qualquer
Conheço paredes que guardavam segredos
E ações que por si que não cobriam seu medos
A sua missão as suas vontades
Razões que confirmam as duras verdades
Eu sei hoje em dia da sua vergonha
De olhar quem te olha
Responder quem te chama
Pra quem te conhece você é vulgar
Pra quem nunca te viu hoje quer te amar
Dama hoje alguém que te engana
Te veste de santa não sabe por que
Te pisam te xingam ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje não passa de pedra perdida
Te veste de santa, não sabe por quê
Te pisam te xingam ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje é pedra perdida de um jogo qualquer


Jogo de damas (Isolda & Milton Carlos) - Milton Carlos(1975)
clique aqui!

Jogo de damas (Isolda & Milton Carlos) - Roberto Carlos(1974)
clique aqui!

"Cacador de mim"

Caçador de mim

Por tanto amor, por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz, manso ou feroz
Eu, caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar longe do meu lugar
Eu, caçador de mim
Nada a temer
Senão o correr da luta
Nada a fazer
Senão esquecer o medo
Abrir o peito à força
Numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura
Longe se vai sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir o que me faz sentir
Eu, caçador de mim
Nada a temer
Senão o correr da luta
Nada a fazer
Senão esquecer o medo
Abrir o peito à força
Numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura
Vou descobrir o que me faz sentir
Eu, caçador de mim


Cacador de mim (Sa & Sergio Magrao) - Maria Eugenia(2003)
clique aqui!

Cacador de mim (Sa & Sergio Magrao) - 14 Bis(1980)
clique aqui!

Cacador de mim (Sa & Sergio Magrao) - Fabiano Medeiros & Milton Nascimento ao vivo

video

sábado, 13 de setembro de 2008

"Planeta agua"

Planeta água

Água que nasce na fonte serena do mundo
E que abre um profundo grotão
Água que faz inocente riacho e deságua na corrente do ribeirão
Águas escuras dos rios que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias e matam a sede da população
Águas que caem das pedras no véu das cascatas, ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas no leito dos lagos, no leito dos lagos
Água dos igarapés, onde Iara, a mãe d'água é misteriosa canção
Água que o sol evapora, pro céu vai embora, virar nuvem de algodão
Gotas de água da chuva, alegre arco-íris sobre a plantação
Gotas de água da chuva, tão tristes, são lágrimas na inundação
Águas que movem moinhos são as mesmas águas que encharcam o chão
E sempre voltam humildes pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra, planeta água...


Planeta agua (Guilherme Arantes) - Guilherme Arantes(1981)
clique aqui!

Planeta agua (Guilherme Arantes) - Mariene de Castro(2004)
clique aqui!

Planeta agua (Guilherme Arantes) - Marcos Sabino ao vivo

video

"Maringa"

MARINGÁ

FOI NUMA LEVA QUE A CABOCLA MARINGÁ
FICOU SENDO A RETIRANTE
QUE MAIS DAVA O QUE FALAR
E JUNTO DELA VEIO "ARGUÉM" QUE SUPLICOU
PRA QUE NUNCA SE ESQUECESSE
D'UM CABOCLO QUE FICOU
MARINGÁ, MARINGÁ
DEPOIS QUE TU PARTISTE
TUDO AQUI FICOU TÃO TRISTE
QUE EU GARREI A MAGINÁ.
PRA HAVER FELICIDADE
É PRECISO QUE A SAUDADE
VA BATER N'OUTRO LUGAR
MARINGÁ, MARINGÁ
VOLTE AQUI PRO MEU SERTÃO
PRA DE NOVO O CORAÇÃO
DE UM CABOCLO ASSOSSEGÁ.


Maringa (Joubert de Carvalho) - Jose Tobias(1978)
clique aqui!

Maringa (Joubert de Carvalho) - Ze Renato ao vivo(1998)
clique aqui!

Maringa (Joubert de Carvalho) - Paulo Santana

video

"Tenha paciencia"

Tenha paciência

Tenha paciência meu amor
A fé é tudo nesse mundo
Estamos com nosso senhor
Deus o criador do céu, da terra e do mar
Há de dar forças para a gente caminhar
Vamos pra bem longe da maldade
Deus que nos guie
Em direção a bondade
Vai por mim, é sempre assim
Quando se é feliz
Tem sempre alguém para nos invejar e aconselhar
Mais essa gente só quer nos separar


Tenha paciencia (Nelson Cavaquinho & Guilherme de Brito) - Clara Nunes(1976)
clique aqui!

Tenha paciencia (Nelson Cavaquinho & Guilherme de Brito) - Selmma Carvalho(2000)
clique aqui!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

"Expresso 2222"

Expresso 2222

Começou a circular o Expresso 2222
Que parte direto de Bonsucesso pra depois
Começou a circular o Expresso 2222
Da Central do Brasil
Que parte direto de Bonsucesso
Pra depois do ano 2000
Dizem que tem muita gente de agora
Se adiantando, partindo pra lá
Pra 2001 e 2 e tempo afora
Até onde essa estrada do tempo vai dar
Do tempo vai dar
Do tempo vai dar, menina, do tempo vai
Segundo quem já andou no Expresso
Lá pelo ano 2000 fica a tal
Estação final do percurso-vida
Na terra-mãe concebida
De vento, de fogo, de água e sal
De água e sal, de água e sal
Ô, menina, de água e sal
Dizem que parece o bonde do morro
Do Corcovado daqui
Só que não se pega e entra e senta e anda
O trilho é feito um brilho que não tem fim
Oi, que não tem fim
Que não tem fim
Ô, menina, que não tem fim
Nunca se chega no Cristo concreto
De matéria ou qualquer coisa real
Depois de 2001 e 2 e tempo afora
O Cristo é como quem foi visto subindo ao céu
Subindo ao céu
Num véu de nuvem brilhante subindo ao céu


Expresso 2222 (Gilberto Gil) - Ana Belen(1982)
clique aqui!

Expresso 2222 (Gilberto Gil) - Simone Moreno(2005)
clique aqui!

Expresso 2222 (Gilberto Gil) - Gilberto Gil ao vivo

video