domingo, 27 de julho de 2008

"Flor do cafezal"

Flor do cafezal

Meu cafezal em flor, quanta flor meu cafezal
Ai menina, meu amor
Minha flor do cafezal
Ai menina, meu amor,
Branca flor do cafezal
Era florada lindo véu de branca renda
Se estendeu sobre a fazenda
Qual um manto nupcial
E de mãos dadas fomos juntos pela estrada
Toda branca e perfumada
Pela flor do cafezal
Meu cafezal em flor, quanta flor meu cafezal
Ai menina, meu amor
Minha flor do cafezal
Ai menina, meu amor,
Branca flor do cafezal
Passa-se a noite, vem um sol ardente e bruto
Morre a flor e nasce um fruto
No lugar de cada flor
Passa-se o tempo em que a vida é toda encanto
Morre o amor e nasce o pranto
Fruto amargo de uma dor
Meu cafezal em flor, quanta flor meu cafezal
Ai menina, meu amor
Minha flor do cafezal
Ai menina, meu amor,
Branca flor do cafezal


Flor do cafezal (Luis Carlos Parana) - Suzana Salles & Lenine Santos & Ivan Vilela(2004)
clique aqui!

Flor do cafezal (Luiz Carlos Parana) - Rolando Boldrin & Cascatinha(1982)
clique aqui!

Flor do cafezal (Luiz Carlos Parana) - Beth Guzzo ao vivo

video

"Violeiro triste"

Violeiro triste

Canta, canta bentivi
Pra mim ouvir
Canta, canta sabiá
Pra me consolá
Que a tristeza e a sodade
Tão me fazendo chorar.
Tem uma viola
Que nas noite de luar
Quando pego a pontear
Chora inté os passarinhos
E quando a lua, lá no céu
Me vê sozinho
Põe a sua luz prateada
Clareando o meu ranchinho.
Canta, canta bentivi
Pra mim ouvir
Canta, canta sabiá
Pra me consolá
Que a tristeza e a sodade
Tão me fazendo chorar.
Aqui na mata
Tenho tudo que eu quero
Tenho o canto do bodero
Tenho o céu e a natureza
E quando a lua vem saindo
Que beleza
Só me falta um amor
Pra matar minha tristeza.


Violeiro triste (Ranchinho & Alvarenga) - Renato Teixeira & Rolando Boldrin(1982)
clique aqui!

Violeiro triste (Ranchinho & Alvarenga) - Teca Calazans & Heraldo do Monte(2003)
clique aqui!

Violeiro triste (Ranchinho & Alvarenga) - Coral Universitario da UFG ao vivo

video

quinta-feira, 24 de julho de 2008

"Feminina"

Feminina

- Ô mãe, me explica, me ensina, me diz o que é feminina?
- Não é no cabelo, no dengo ou no olhar, é ser menina por todo lugar.
- Então me ilumina, me diz como é que termina?
- Termina na hora de recomeçar, dobra uma esquina no mesmo lugar.
Costura o fio da vida só pra poder cortar
Depois se larga no mundo pra nunca mais voltar
- Ô mãe, me explica, me ensina, me diz o que é feminina?
- Não é no cabelo, no dengo ou no olhar, é ser menina por todo lugar.
- Então me ilumina, me diz como é que termina?
- Termina na hora de recomeçar, dobra uma esquina no mesmo lugar.
Prepara e bota na mesa com todo o paladar
Depois, acende outro fogo, deixa tudo queimar
- Ô mãe, me explica, me ensina, me diz o que é feminina?
- Não é no cabelo, no dengo ou no olhar, é ser menina por todo lugar.
- Então me ilumina, me diz como é que termina?
- Termina na hora de recomeçar, dobra uma esquina no mesmo lugar.
E esse mistério estará sempre lá
Feminina menina no mesmo lugar


Feminina (Joyce) - A Tres(1998)
clique aqui!

Feminina (Joyce) - Lucinha Lins & Joyce(2003)

Feminina (Joyce) - Joyce ao vivo

video

"Eu e a brisa"

Eu e a brisa

Ah! Se a juventude que essa brisa canta
Ficasse aqui comigo mais um pouco
Eu poderia esquecer a dor
De ser tão só, pr ser um sonho
Daí então quem sabe alguém chegasse
Buscando um sonho em forma de desejo
Felicidade então pra nós seria
E depois que a tarde nos trouxesse a lua
Se o amor chegasse eu não resistiria
E a madrugada acalentaria nossa paz
Fica, ó brisa fica, pois talvez quem sabe
O inesperado faça uma surpresa e traga
E traga alguém que queira te escutar
E junto a mim queira ficar


Eu e a brisa (Johnny Alf) - 3 na Bossa(2000)
http://www.mediafire.com/?yptzdntbl0m

Eu e a brisa (Johnny Alf) - Johnny Alf(1967)
http://www.mediafire.com/?ybn9bzzox22

"Enquanto a tristeza nao vem"

Enquanto a tristeza não vem

Tristeza mora na favela
Às vezes ela sai por aí
Felicidade então
Que era saudade sorri
Brinca um pouquinho
Enquanto a tristeza não vem

Canta
Canta
Nasceu uma rosa
Na favela.


Enquanto a tristeza nao vem (Sergio Ricardo) - Dois e Ela(1966)
http://www.mediafire.com/?c4t2otxyn2a

Enquanto a tristeza nao vem (Sergio Ricardo) - Quarteto em Cy(1964)
http://www.mediafire.com/?d5ea2fyiycy

"Bolinha de sabao"

Bolinha de sabão

Sentado na calçada
De canudo e canequinha
Dumplec duplim
Eu vi um garotinho
Dumplec duplim
Fazendo uma bolinha
Dumplec duplim
Bolinha de sabão
Eu fique a olhar
Eu pedi prara ver
Quando ele me chamou
E pediu pra com ele brincar
Foi então que eu vi
Como era bom brincar
Com bolinha de sabão
Ser criança é bom
Agora vou passar
A fazer bolinha de ilusão


Bolinha de sabao (Orlandivo & Adilson Azevedo) - A Tres(1998)
http://www.mediafire.com/?nvjbdm8u0jg

Bolinha de sabao (Orlandivo & Adilson Azevedo) - Os Farroupilhas(1963)
http://www.mediafire.com/?9zj1dqtlmsg

segunda-feira, 21 de julho de 2008

"Leilao"

Leilao

De manhã cedo num lugar todo enfeitado nóis ficava
Amuntuado pra esperá os compradô
Dispois passava pela frente dum palanque
Afincado ao pé de um tanque que chamavam bebedô
E nesse dia minha véia foi comprada
Numa leva separada prum sinhô mocinho ainda
Minha veinha que era a flô dos cativeiro
Foi inté mãe de terreiro na família dos Cambinda
No mesmo dia em que levaram minha preta me botaram
Nas grieta pra de mode eu não fugir
E desde então preto véio aprercurô
Ficô véio como eu tô mas como é grande esse Brasil
E quando veio de Isabé as alforria
Prercurei mais quinze dias mas a vista me fartô
Só peço agora que me levem, sinhá Isabé
Quero ver se tá no céu
Minha véia, meu amor...


Leilao (Heckel Tavares & Joracy Camargo) - Cida Moreira(2003)
clique aqui!

Leilao (Heckel Tavares & Joracy Camargo) - Grupo Raizes(1974)
clique aqui!

Leilao (Heckel Tavares & Joracy Camargo) - Marcia Mah & Quarteto Perere

video


A CANÇÃO CONTADA

Leilão”, de Joracy Camargo e Heckel Tavares: Retrato doloroso da escravidão no Brasil, conta a separação de uma rainha kambinda e seu “preto véio”.

Roberto Moreno em seu site Under Press

De quebra, mais duas gravações:

com Adauto Santos clique aqui! e com Ely Camargo clique aqui!

"Mundo velho"

Mundo velho

Chora o apito
Recordação
De coisa viva
No coração

Ê mundo velho
Êta mundo sem porteira
Vou me levando
No retão da lembranceira
Minha dor é como a lenha
Numa caldeira
E a saudade um trem de carga
Sem passageira.


Mundo velho (Sergio Ricardo) - Adauto Santos(1974)
http://www.mediafire.com/?j3vx13tnn14

Mundo velho (Sergio Ricardo) - Sergio Ricardo(1971)
http://www.mediafire.com/?mwbeztzg40y

"Foi uma pedra que rolou"

Foi uma pedra que rolou

Me levavas jurando ter grande afeição por mim
Tu foste embora me deixando triste assim
Isto é cruel, meu Deus do Céu,
Isto é demais, isto é pecado,
E não se deixa um homem assim
abandonado.
Eu que era crente e digo o mesmo prá você,
estou desiludido.
Destruíste o castelo,
Tão bonito que eu havia construído
Tens um coração de pedra,
falsidade igual ä tua ainda não vi,
Vou viver te maldizendo,
E maldizendo o dia em que te conheci,
Foi uma pedra que rolou da ribanceira
da desilusão.
E redundou, e redundou na causa morte,
Do meu pobre, do meu pobre coração,
E eu que já pensava ter um pedacinho
Pequenino de felicidade.
Vi tudo desmoronado,
E destruído pela tua falsidade.
Me levava jurando ter grande afeição por mim
Tu foste embora me deixando triste assim
Is é cruel, meu Deus do Céu isto é demais,
Is é pecado, e não se deixa um homem assim
abandonado.
intervalo:
Foi uma pedra que rolou da ribanceira
da desilusão.
E redundou, e redundou na causa morte,
Do meu pobre, do meu pobre coração,
E eu que já pensava ter um pedacinho
Pequenino de felicidade.
Vi tudo desmoronado,
E destruído pela tua falsidade.
Me levava jurando ter grande afeição por mim
Tu foste embora me deixando triste assim
Is é cruel, meu Deus do Céu isto é demais,
Is é pecado, e não se deixa um homem assim
abandonado.


Foi uma pedra que rolou (Pedro Caetano) - Cristina Buarque(1981)
http://www.mediafire.com/?gdfuddmmhyo

Foi uma pedra que rolou (Pedro Caetano) - Pedro Paulo Malta & Alfredo Del Penho(2004)
http://www.mediafire.com/?zgg2m1nmgcm

"Mucuripe"

Mucuripe

AS VELAS DO MUCURIPE
VÃO SAIR PARA PESCAR
VOU LEVAR AS MINHAS MÁGOAS
PRAS ÁGUAS FUNDAS DO MAR
HOJE À NOITE NAMORAR
SEM TER MEDO DA SAUDADE
SEM VONTADE DE CASAR
CALÇA NOVA DE RISCADO
PALETÓ DE LINHO BRANCO
QUE ATÉ O MÊS PASSADO
LÁ NO CAMPO AINDA ERA FLÔR
SOB O MEU CHAPÉU QUEBRADO
O SORRISO INGÊNUO E FRANCO
DE UM RAPAZ NOVO ENCANTADO
COM VINTE ANOS DE AMOR
AQUELA ESTRELA É DELA
VIDA VENTO VELA LEVA-ME DAQUI


Mucuripe (Fagner & Belchior) - Amelinha(2002)
http://www.mediafire.com/?ypd134yjzvm

Mucuripe (Fagner & Belchior) - Fagner(1972)
http://www.mediafire.com/?0xzmj9ztly4

sábado, 19 de julho de 2008

"Pois e"

Pois é

Pois é falaram tanto que dessa vez
A morena foi embora
Disseram que ela era a maioral
E eu é que nao soube aproveitar
Endeusaram a morena tanto tanto
Que ela resolveu me abandonar
A maldade dessa gente é uma arte
Tanto fizeram que houve a separaçao
Mulher a gente encontra em toda parte
Só nao encontra a mulher que a gente tem no coraçao


Pois e (Ataulfo Alves) - Britinho(1955)
http://www.mediafire.com/?xjd4icnxcdg

Pois e (Ataulfo Alves) - Ze Renato & Trinadus(2004)
http://www.mediafire.com/?myjwdw31ocj

"Despertar da montanha"

Despertar da montanha

A noite cai em agonia
surgem os primeiros raios na moldura
No horizontes iniciam seus ensaios
Doura-se o monte e os ramos que são mais felizes
Porque moram bem no alto
Logo pintam-se matizes no cimo do planalto
Sai da sombra um novo dia e a luz da madrugada
acorda suavemente os passarinhos
Sem querer assustar os que sonham nos ninhos
depois vai saudar os velhos troncos e as folhagens
E gritos,pios, uivos,guinchos, roncos
em acordes selvagens iniciam a alvorada
E nesses campos sob o sol da manhã
Em linda festa pagã,
escorre a vida cheia de impulsos cantos

Que transborda numa chuva de cores
e entre os vales sonhadores
a montanha acorda


Despertar da montanha (Eduardo Souto & Francisco Pimentel) - Coral de Ouro Preto(1964)
http://www.mediafire.com/?tm0teftmnzl

Despertar da montanha (Eduardo Souto) - Arthur Moreira Lima(1981)
http://www.mediafire.com/?ljlfvaygcbb

"Por causa dessa cabocla"

Por causa dessa cabocla

À tarde
Quando de volta da serra
Com os pés sujinhos de terra
Vem a cabocla passar
As flores vão pra beira do caminho
Pra ver aquele jeitinho
Que ela tem de caminhar
E quando ela na rede adormece
E o seio moreno esquece
De na camisa ocultar
As rolas
As rolas também morenas
Cobrem-lhe o colo de penas
Pra ele se agasalhar na noite
Dos seus cabelos,
Os grampos são feitos de pirilampos
Que às estrelas querem chegar
E as águas dos rios que vão passando
Fitam seus olhos pensando
Que já chegaram ao mar
Com ela dorme toda a natureza
Emudece a correnteza
Fica o céu todo apagado
Somente com o nome dela na boca
Pensando nesta cabocla
Fica um caboclo acordado


Por causa dessa cabocla (Ary Barroso & Luiz Peixoto) - Dorival Caymmi(1958)
http://www.mediafire.com/?z3mxbtbmmbx

Por causa dessa cabocla (Ary Barroso & Luiz Peixoto) - Eliete Negreiros(1992)
http://www.mediafire.com/?9j1mmzte3mh

"As pastorinhas"

As pastorinhas

A estrela Dalva
No céu disponta
E a lua anda tonta
Com tamanho esplendor
E as pastorinhas
Pra consolo da lua
Vão cantando na rua
Lindos versos de amor
Linda Pastora
Morena da cor
De Madalena
Tu não tens pena
De mim,
Que vivo tonto
Com o teu olhar
Linda criança
Tu não me sais
Da lembrança
Meu coração
Não se cansa
De sempre
Tanto te amar.


As pastorinhas (Noel Rosa & Braguinha) - Cristovao Bastos & Marco Pereira(1992)
http://www.mediafire.com/?tvcxsgmuiyf

As pastorinhas (Noel Rosa & Braguinha) - Os Tres Morais(1975)
http://www.mediafire.com/?1mwn5noyjme

"Casinha pequenina"

Casinha pequenina

Tu não te lembras da casinha pequenina
Onde o nosso amor nasceu?
Tu não te lembras da casinha pequenina
Onde o nosso amor nasceu?
Tinha um coqueiro do lado
Que coitado de saudade
Já morreu!
Tinha um coqueiro do lado
Que coitado de saudade
Já morreu!
Tu não te lembras das juras e perjuras
Que fizeste com fervor?
Tu não te lembras das juras e perjuras
Que fizeste com fervor?
Daquele beijo demorado, prolongado
Que selou
O nosso amor?
Daquele beijo demorado, prolongado
Que selou
O nosso amor?


Casinha pequenina (Dominio Publico) - Coral de Ouro Preto(1964)
http://www.mediafire.com/?h4tv0texarj

Casinha pequenina (Dominio publico) - Nara Leao(1975)
http://www.mediafire.com/?xdnxgdtnejt

segunda-feira, 14 de julho de 2008

"Se a gente grande soubesse"

Se a gente grande soubesse

Se A Gente Grande Soubesse O Que Consegue A Voz Mansa
Como Ela Cai Feito Prece E Vira Flor
Num Coração De Criança
A Gente Grande Que Tira O Meu Brinquedo Da Mão
Tirou De Um Músico A Lira Interrompeu A Canção
De Tanto Não Que Eu Escuto Um Não Eu Vivo A Dizer
Se Eu Não Sossego Um Minuto É Natural
Eu Não Parei De Viver
A Gente Apenas Repete Tudo Que Escuta E Que Vê
Pois Gente Grande Eu Queria Ser Um Dia
Todo Igualzinho A Você
Se A Gente Grande Soubesse (Quanta Paz)
O Que Consegue A Voz Mansa (O Bem Que Faz)
Como Ela Cai Feito Prece (E Vira Flor)
Num Coração De Criança
A Gente Grande Que Tira
O Meu Brinquedo Da Mão
Tirou De Um Músico A Lira
Interrompeu A Canção
De Tanto Não Que Eu Escuto (Não E Não)
Um Não Eu Vivo A Dizer Não (Que Confusão)
Eu Não Sossego Um Minuto (É Natural)
Eu Não Parei De Viver
A Gente Apenas Repete (Tal E Qual)
Tudo Que Escuta E Que Vê (Não Leve A Mal)
Pois Gente Grande Eu Queria Ser Um Dia
Todo Igualzinho A Você (Você)
Pois Gente Grande Eu Queria Ser Um Dia
Todo Igualzinho A Você
Se A Gente Grande Soubesse


Se a gente grande soubesse (Billy Blanco) - Billy Blanco ao vivo(1996)
http://www.mediafire.com/?xzrjns41dit

Se a gente grande soubesse (Billy Blanco) - Bilinho & Quarteto em Cy(1967)
http://www.mediafire.com/?xmf2g9vy2ps

"Canto triste"

Canto triste

Porque sempre fostes
a primavera em minha vida
Volta para mim
Desponta novamente no meu canto
Eu te amo tanto mais
Te quero tanto mais
Ah! Tanto tempo faz partiste
Como a primavera
que também te viu partir
Sem um adeus sequer
E nada existe mais em minha vida
Como um carinho teu
Como um silêncio teu
Lembro um sorriso teu
Tão triste
Ah! Lua sem compaixão
sempre a vagar no céu
Onde se esconde a minha bem amada?
Onde a minha namorada?
Vai e diz a ela as minhas penas
E que eu peço
Peço apenas que ela lembre
das nossas horas de poesia
Das noites de paixão
E diz-lhe da saudade em que me vistes
Que estou sozinho amor!
Que só existe meu canto triste
Na solidão!


Canto triste (Edu Lobo & Vinicius) - Monica Salmaso(2005)
clique aqui!

Canto triste (Edu Lobo & Vinicius) - Tito Madi(1973)
clique aqui!

Canto triste (Edu Lobo & Vinicius) - Edu Lobo & Sergio Godinho

video

"Saveiros"

Saveiros

Nem bem a noite terminou
Vão os saveiros para o mar
Levam no dia que amanhece
As mesmas esperanças
Do dia que passou.
Quantos partiram de manhã
Quem sabe quantos vão voltar
Só quando o sol descansar
E se os ventos deixarem
Os barcos vão chegar
Quantas histórias pra contar
Em cada vela que aparece
Um canto de alegria
De quem venceu o mar


Saveiros (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Elis Regina(1966)
http://www.mediafire.com/?oxtxzbgxi95

Saveiros (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Nana Caymmi ao vivo(1966)
http://www.mediafire.com/?129tjeffxtl

"Porta estandarte"

Porta estandarte

Olha que a vida tão linda se perde em tristezas assim
Desce o teu rancho cantando essa tua esperança sem fim
Deixa que a tua certeza se faça do povo a canção
Pra que teu povo cantando teu canto ele não seja em vão

Eu vou levando a minha vida enfim
Cantando e canto sim
E não cantava se não fosse assim
Levando pra quem me ouvir
Certezas e esperanças pra trocar
Por dores e tristezas que bem sei
Um dia ainda vão findar
Um dia que vem vindo
E que eu vivo pra cantar
Na avenida girando, estandarte na mão pra anunciar.


Porta estandarte (Geraldo Vandre & Fernando Lona) - Dalva de Oliveira(1967)
clique aqui!

Porta estandarte (Geraldo Vandre & Fernando Lona) - Geraldo Vandre(1966)
clique aqui!

Porta estandarte (Geraldo Vandre & Fernando Lona) - Edu Lobo & Marilia Medalha(1978)

video

"Arrastao"

Arrastão

Eh, tem jangada no mar
Hei, hei, hei
Hoje tem arrastão
Eh, todo mundo pescar
Chega de sombra João
Jovi, olha o arrastão
Entrando no mar sem fim
Eh, meu irmão me traz
Yemanjá prá mim (2x)

Minha Santa Bárbara
Me abençoai
Quero me casar
Com Janaína
Eh, puxa bem devagar
Hei, hei, hei
Já vem vindo o arrastão
Eh, é a Rainha do Mar
Vem
Vem na rêde João
Prá mim
Valha-me Deus
Nosso Senhor do Bonfim
Nunca jamais se viu
Tanto peixe assim (2x)

Minha Santa Bárbara
Me abençoai
Quero me casar
Com Janaína
Eh, puxa bem devagar
Hei, hei, hei
Já vem vindo o arrastão
Eh, é a Rainha do Mar
Vem
Vem na rêde João
Prá mim
Valha-me Deus
Nosso Senhor do Bonfim
Nunca jamais se viu
Tanto peixe assim (3x)


Arrastao (Edu Lobo & Vinicius) - Elis Regina ao vivo(1965)
http://www.mediafire.com/?vex3q0nzydx

Arrastao (Edu Lobo & Vinicius) - Jongo Trio(1965)
http://www.mediafire.com/?1xmmzejmmll

sábado, 12 de julho de 2008

"O sonho"

O sonho

Sinto que ora salto
Meu foguete some
Queimando espaço
Tudo vejo e abraço
A vaidade
Estou morando em pleno céu
Namorando o azul
Ando no espaço rouco
Meu foguete some
Deixando traços
Entre estrelas vejo
A liberdade
Fotografo todo céu
E revelo paz
Busco cores e imagens
Faltam pássaros e flores
Coração na mão
Corpo solto estou
Entre estrelas
Vou deitar neste luar
Indo de encontro ao riso
Do quarto minguante
E o sol queimando
A pele branca
Despertando, vejo a cama e meu amor
Acordado estou
Choro, choro, choro....


O sonho (Egberto Gismonti) - Egberto Gismonti(1968)
http://www.mediafire.com/?lsdij1opdnt

O sonho (Egberto Gismonti) - Elis Regina(1969)
http://www.mediafire.com/?lswdhtyymzz

"Minha Marisa"

Minha Marisa

Na cidadezinha antiga
Minha Marisa morava
Rente à rede da varanda
Verso e ciranda cantava
Tinha o gesto de menina
E o rosto lindo de amada
E eu deitava na colina ao sol e amava
Vento que ventou virou nosso amor
Nas asas do tempo se transformou
E a cidadezinha antiga
Virou cantiga de cantador
Passou-se o tempo e a dor ficou
No pensamento envelheceu
Só quem não ventou no vento fui eu
Me abriguei nessa canção
Pro meu coração não ter por quem chorar
Na cidadezinha antiga
Minha Marisa morava
Rente à rede da varanda
Verso e ciranda cantava
Quem me dera essa menina
Voltasse ao vento da estrada
Eu deitava na colina ao sol
E amava até morrer
Toda a dor do meu coração


Minha Marisa (Fred Falcao & Paulinho Tapajos) - Golden Boys(1969)
http://www.mediafire.com/?jmbms013240

Minha Marisa (Fred Falcao & Paulinho Tapajos) - Paulinho Tapajos & Fatima Regina(1996)
http://www.mediafire.com/?pgjm0h1otxq

"Visao geral"

Visão geral

Ah, esse grito raro, é feito o sol, tão claro, é um farol guiado,
é um mito afugentado, é uma voz potente, o amor intransigente.
Diga no meu ouvido, o tempo escondido, que a tanto consente o canto esquecido.
E digo de bom grado, o som tão esperado, é o amor do amigo, o amor desesperado.
Se chegado, vale a pena a mão que hoje acena, ficará comigo, a luz do amor serena, se a vida reta e plena, leva nossa meta.
acima o poeta, abaixo o profeta.
A rosa prosa bela, vem na primavera, e o jornal da tela, noticia a guerra.
E uma flor que morre, é uma dor que corre, um farol que apaga.
É um grito que se dá.(2x)
A noite vira dia, no claro da luta, veja se me escuta, olha a sua rua, que a verdade nua e crua um dia vai chegar.
E essa noite será noite em qualquer luar, e esse mundo será mundo em qualquer lugar.
A rosa prosa bela, vem na primavera...


Visao geral (Cesar Costa Filho & Ronaldo Monteiro de Souza & Ruy Maurity) - Quarteto 004 ao vivo(1969)
http://www.mediafire.com/?d1xsvyyihdb

Visao geral (Cesar Costa Filho & Ronaldo Monteiro de Souza & Ruy Maurity) - Clara Nunes(1969)
http://www.mediafire.com/?fzmsinn3wjj

quarta-feira, 2 de julho de 2008

"Aleluia"

Aleluia

Barco deitado na areia, não dá pra viver
Não dá...
Lua bonita sozinha não faz o amor
Não faz...
Toma a decisão, aleluia
Que um dia o céu vai mudar
Quem viveu a vida da gente
Tem de se arriscar

Amanhã é teu dia
Amanhã é teu mar, teu mar
E se o vento da terra que traz teu amor, já vem
Toma a decisão, aleluia
Lança o teu saveiro no mar
Bê-a-bá de pesca é coragem
Ganha o teu lugar

Mesmo com a morte esperando
Eu me largo pro mar, eu vou
Tudo o que eu sei é viver
E vivendo é que eu vou morrer
Toma a decisão, aleluia
Lança o teu saveiro no mar
Quem não tem mais nada a perder
Só vai poder ganhar


Aleluia (Edu Lobo & Ruy Guerra) - Elis Regina & Edu Lobo ao vivo(1965)
http://www.mediafire.com/?xl9mczy1xsm

Aleluia (Edu Lobo & Ruy Guerra) - Sambrasa Trio(1966)
http://www.mediafire.com/?hyjwuldt9nz

"Malvadeza Durao"

Malvadeza Durão

Mais um malandro fechou o paletó
Eu tive dó, eu tive dó
Quatro velas acesas em cima de uma mesa
Uma subscrição para ser enterrado:
"Morreu Malvadeza Durão
Valente mas muito considerado"

Céu estrelado, lua prateada
Muitos sambas, grande batucada
O morro estava em festa quando alguém caiu
Com a mão no coração, sorriu
Morreu Malvadeza Durão
O criminoso ninguém viu


Malvadeza Durao (Ze Ketti) - Elizeth Cardoso & A Voz do Morro(1965)
http://www.mediafire.com/?7elmzz1gdjj

Malvadeza Durao (Ze Ketti) - Ze Renato(1996)
http://www.mediafire.com/?nyg4jiyvxls

"Nao me diga adeus"

Não me diga adeus

Não. . . . não me diga adeus
Pense nos sofrimentos meus

Se alguém lhe dá conselhos
Pra você me abandonar......
Não devemos nos separar
Não vá me deixar
Por favor
Que a saudade é cruel
Quando existe amor

Não . . . .não me diga adeus
Pense nos sofrimentos meus


Nao me diga adeus (Luiz Soberano & Paquito & Joao Correia da Silva) - Marilia Medalha(1992)
http://www.mediafire.com/?gkxxzdoptom

Nao me diga adeus (Luiz Soberano & Paquito & Joao Correia da Silva) - Nara Leao(1965)
http://www.mediafire.com/?yctmlbzggbm

terça-feira, 1 de julho de 2008

"Atras da porta"

Atrás da porta

Quando olhaste bem nos olhos meus
e o teu olhar era de Adeus
juro que não acreditei
eu te estranhei, me debrucei sobre o teu corpo
e duvidei
e me arrastei e te arranhei e me agarrei nos teu cabelos
nos teus pelos, teu pijama
nos teus pés, aos pés da cama
sem carinho, sem coberta
no tapete atrás da porta
reclamei baixinho
dei pra mal dizer o nosso lar
pra sujar teu nome, te humilhar
e me entregar a qualquer preço
te adorando, pelo avesso
Até provar que era tua (3x)
Dei pra mal dizer o nosso lar
pra sujar teu nome, te humilhar
e me entregar a qualquer preço
te adorando pelo aveso
Até provar que eu era tua (3x)


Atras da porta (Francis Hime & Chico Buarque) - Gal Costa(1995)
http://www.mediafire.com/?x21qqdm12ln

Atras da porta (Francis Hime & Chico Buarque) - Tito Madi(1973)
http://www.mediafire.com/?e5ito3d101w

"Barbara"

Bárbara

Bárbara, Bárbara
Nunca é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor, vem me buscar
O meu destino é caminhar assim
Desesperada e nua
Sabendo que no fim da noite serei tua
Deixa eu te proteger do mal, dos medos e da chuva
Acumulando de prazeres teu leito de viúva
Bárbara, Bárbara
Nunca é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor vem me buscar
Vamos ceder enfim à tentação
Das nossas bocas cruas
E mergulhar no poço escuro de nós duas
Vamos viver agonizando uma paixão vadia
Maravilhosa e transbordante, feito uma hemorragia
Bárbara, Bárbara
Nunc é tarde, nunca é demais
Onde estou, onde estás
Meu amor vem me buscar
Bárbara


Barbara (Ruy Guerra & Chico Buarque) - Angela Ro ro(1980)
http://www.mediafire.com/?40lxbvomudo

Barbara (Ruy Guerra & Chico Buarque) - Eduardo Dusek(1999)
http://www.mediafire.com/?vhwwit1xqlm

"Atrevida"

Atrevida

Estou mais atrevida
Mordaz e ferina
Estou cheia de vida
Sagaz e ladina
Já não sou mais a mesma
Respiro outros ares
Navego outros mares
São tantos olhares
Convites, sorrisos
Eu gosto eu preciso
Pois é...
Que ficou impossível não ver
Mudei de você
Por isso me esqueça
Virei a cabeça
Nas noites mal dormidas
Rezava seu nome
Olhava na janela
Chorava seu nome
Mexia em sua roupa
Gemia seu nome
Morria de sede
Subia as paredes
Me amava sozinha
Você não me vinha
Pois é....
Que ficou impossível não ver
Mudei de você
Já não me inicia
Já não me arrepia
Estou mais atrevida
Tô cheia de vida
Você não me provoca
Nem quando me toca
Agora eu tenho
É fome de homem
Que seja feliz
Estou mais atrevida
Tô cheia de vida
Você não me provoca
Nem quando me toca
Agora eu tenho
É fome de homem
Que seja feliz


Atrevida (Ivan Lins & Vitor Martins) - Isabela Taviani ao vivo(2005)
clique aqui!

Atrevida (Ivan Lins & Vitor Martins) - Simone(1980)
clique aqui!