domingo, 30 de novembro de 2008

"Mais que a paixao"

Mais que a paixão

Não espere de mim
Nada mais que a paixão
Não espere nada demais
Do meu coração
Que bate, rebate e grita
Geme, chora e se agita
Sambando nas cordas bambas
De uma viola vadia, vadia.
Não espere encontrar numa canção
Nada além de um sonho
Nada além de uma ilusão
Talvez, quem sabe,
A verdade, a infinita vontade
De arrancar de dentro da noite
A barra clara do dia.


Mais que a paixao (Egberto Gismonti & Joao Carlos Padua) - Marcio Lott(2006)
clique aqui!

Mais que a paixao (Egberto Gismonti & Joao Carlos Padua) - Wanderlea(1978)
clique aqui!

"Lamento de Exu"

Lamento de Exu (Baden Powell & Vinicius) - Monica Salmaso(1996)
clique aqui!

Lamento de Exu (Baden Powell & Vinicius) - Quarteto em Cy & Vinicius & Baden Powell(1966)
clique aqui!

"Jequitiba do samba"

Jequitibá do samba

Madeira de dar em doido é jequitibá
Deixa a Mangueira passar
Madeira de dar em doido é jequitibá
Deixa a Mangueira passar
Embalança meu bem
Embalança a roseira
Embalança a cabrocha
Embalança a Mangueira
Ô ô ô ô ô
O jequitibá do samba chegou
Mangueira é uma floresta de sambistas
Onde o jequitibá nasceu
Veio o fogo e queimou
Veio o vento tombou
O machado o jequitibá ficou
Ô ô ô ô ô
O jequitibá do samba chegou
Ô ô ô ô ô(bis)


Jequitiba do samba (Jose Ramos & Marcelino Ramos) - Xango da Mangueira(1973)
clique aqui!

Jequitiba do samba (Jose Ramos & Marcelino Ramos) - Ze da Zilda e Zilda do Ze(1949)
clique aqui!

sábado, 29 de novembro de 2008

"Imperio do samba"

Império do samba

Venho do lado de lá
Minha gente chegou
Chegou querendo abafar
Ai! ai! ai! ai! ai!
O doutor mandou todo mundo gingar
Chegou o império do samba
Agora o samba vai imperar
Ai! ai! ai! ai! ai!
O doutor mandou todo mundo gingar


Imperio do samba (Ze da Zilda) - Alberto Mota e seu Conjunto(1961)
clique aqui!

Imperio do samba (Ze da Zilda) - Artistas da Odeon(1954)
clique aqui!

"Historia antiga"

História antiga

Na varanda da sacada
Clareando a noite nua
O olhar da minha amada
Refletia a luz da lua
E na noite enluarada
Não se ouvia quase nada
Só meu violão na rua
Pela sombra da ramada
No portão da moradia
O olhar da minha amada
Docemente reluzia
E com voz apaixonada
Eu cantava ao pé da escada
Uma triste melodia
Quando vinha a madrugada
No soprar de um vento frio
O olhar da minha amada
Retornava ao casario
E eu seguia a caminhada
Mas deixava pela estrada
O meu resto de assovio
Hoje a lua na calçada
É só uma velha amiga
O olhar da minha amada
Já virou história antiga
Muita vida foi passada
Mas em noite enluarada
Inda lembro da cantiga


Historia antiga (Dori Caymmi & Paulo Cesar Pinheiro) - Renato Braz(1998)
clique aqui!

Historia antiga ou Brazilian serenata (Dori Caymmi & Paulo Cesar Pinheiro) - Olivia Hime(1997)
clique aqui!

"Gaviao calcudo"

Gavião calçudo

Chorei
Porque
Fiquei
Sem meu amô
O gavião marvado bateu asa
Foi com ela e me deixô
Quem tivê muié bunita
Esconde do gavião
Ele tem unha cumprida
Deixa os maridu na mão
Mas viva quem é sorteiro!
Num tem amô nem paixão
Mas ocês que são casadu
Cuidado com o gavião
Chorei. . .
Us curpado disso tudo
É us maridu d`agora
As muié anda na rua
Cum as canela di fora
Gavião tomando cheiro
Vem decendu sem demora
Pega a muié pelo bico
Bati asa e vai simbora
Chorei porque fiquei sem meu amor
O gavião malvado bateu asas
Foi com ela e me deixou
O culpado disso tudo
É o marido de agora
A mulher sai perfumada
E com a barriguinha de fora
Gavião sentindo o cheiro
Vai chegando sem demora
Bota os olhos no umbigo
Bate asas, leva embora


Gaviao calcudo (Pixinguinha & Cicero Almeida) - Os Vocalistas Modernos(1960)
clique aqui!

Gaviao calcudo (Pixinguinha & Cicero Almeida) - Vania Bastos(1997)
clique aqui!

Gaviao calcudo (Pixinguinha & Cicero Almeida) - Fhatima Santos ao vivo

video

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

"Falso amor sincero"

Falso amor sincero

O nosso amor é tão bonito
Ela finge que me ama
E eu finjo que acredito
O nosso falso amor é tão sincero
Isto me faz bem feliz
Ela faz tudo que eu quero
Eu faço tudo que ela diz
Aqueles que se amam de verdade
Invejam a nossa felicidade
Por isso e que eu vivo a dizer


Falso amor sincero (Nelson Sargento) - Nelson Sargento(1979)
clique aqui!

Falso amor sincero (Nelson Sargento) - Walter Alfaiate & Dorina ao vivo(2001)
clique aqui!

Falso amor sincero (Nelson Sargento) - Walter Alfaiate & Dorina ao vivo

video

"E dai"

E daí

Tenho nos olhos quimeras
Com brilho de trinta velas
Do sexo pulam sementes
Explodindo locomotivas
Tenho os intestinos roucos
Num rosário de lombrigas
Os meus músculos são poucos
Pra essa rede de intrigas
Meus gritos afro-latinos
Implodem, rasgam, esganam
E nos meus dedos dormidos
A lua das unhas ganem
E daí?
Meu sangue de mangue sujo
Sobe a custo, a contragosto
E tudo aquilo que fujo
Tirou prêmio, aval e posto
Entre hinos e chicanas
Entre dentes, entre dedos
No meio destas bananas
Os meus ódios e os meus medos
E daí?
Iguarias na baixela
Vinhos finos nesse odre
E nessa dor que me pela
Só meu ódio não é podre
Tenho séculos de espera
Nas contas da minha costela
Tenho nos olhos quimeras
Com brilho de trinta velas
E daí?


E dai (Milton Nascimento & Ruy Guerra) - Clara Sandroni(1989)
clique aqui!

E dai (Milton Nascimento & Ruy Guerra) - Milton Nascimento(1978)
clique aqui!

"Daquilo que eu sei"

Daquilo que eu sei

Daquilo que eu sei
Nem tudo me deu clareza
Nem tudo foi permitido
Nem tudo me deu certeza...
Daquilo que eu sei
Nem tudo foi proibido
Nem tudo me foi possível
Nem tudo foi concebido...
Não fechei os olhos
Não tapei os ouvidos
Cheirei, toquei, provei
Ah Eu!
Usei todos os sentidos
Só não lavei as mãos
E é por isso que eu me sinto
Cada vez mais limpo!
Cada vez mais limpo!
Cada vez mais limpo!


Daquilo que eu sei (Ivan Lins & Vitor Martins) - Arismar do Espirito Santo & Leonardo Amuedo(2008)
clique aqui!

Daquilo que eu sei (Ivan Lins & Vitor Martins) - Ivan Lins(1981)
clique aqui!

Daquilo que eu sei (Ivan Lins & Vitor Martins) - Ivan Lins ao vivo

video

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

"Coberto de ouro"

Coberto de ouro

Não quero mais saber,
De quem me fez sofrer,
Nem que venha coberto de ouro,
Não há prazer,
Quem me fez, me fez,
E outra não me faz,
Enquanto eu viver,
Não te quero mais.(bis)

Gosto até de ouvir,
Os teus lamentos,
Teus sofrimentos,
Ainda deviam ser mais,
Pra que jurar ?
Eu digo e repito,
Que não acredito,
No teu juramento,
Cesteiro que faz um cesto,
Faz um cento.


Coberto de ouro (Waldemar Gomes & Affonso Teixeira) - Aracy de Almeida(1942)
clique aqui!

Coberto de ouro (Waldemar Gomes & Affonso Teixeira) - Moacyr Luz(2001)
clique aqui!

"Bahia, minha preta"

Bahia, minha preta

Bahia minha preta
Como será
Se tua seta acerta o caminho e chega lá?
E a curva linha reta
Se ultrapassar
Esse negro azul que te mura,
O mar, o mar?
Cozinha esse cântigo
Comprar o equipamento
E saber usar
Vender o talento e saber cobrar, lucrar
Insite no que é lindo
E o mundo verá
Tu voltares rindo ao lugar que teu globo azul
Rainha do Atlântico azul
E ô Bahia, fonte mítica encantada
E ô expande teu axé, não esconde nada
E ô teu canto de alegria ecoa longe, tempo e espaço
E ô rainha do Atlântico
Te chamo de senhora
Opô, afonjá
Eros, Dona Lina, Agostinho e Edgar
Te chamo Menininha do Gantoise
Candolina, Marta, Didi, Dodô e Osmar
na linha romântico
Teu novo mundo
O mundo conhecerá
E o que está escondido no fundo emergirá
A voz mediterrânea e florestal
Lança muito além a civilização ora em tom boreal
Rainha do atlântico austral
E ô Bahia, fonte mítica encantada
E ô expande teu axé, não esconde nada
E ô teu canto de alegria ecoa longe, tempo e espaço
E ô rainha do Atlântico
E ô... Bahia, minha preta,
Como será?


Bahia, minha preta (Caetano Veloso) - Gal Costa(1993)
clique aqui!

Bahia, minha preta (Caetano Veloso) - Simone Moreno(2005)
clique aqui!

"A briga"

A briga (Cesar Costa Filho & Walter Queiroz) - Cesar Costa Filho(1973)
clique aqui!

A briga (Cesar Costa Filho & Walter Queiroz) - Osmar Milito(1973)
clique aqui!

domingo, 23 de novembro de 2008

"Vai levando"

Vai levando

Mesmo com toda a fama, com toda a brahma
Com toda a cama, com toda a lama
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa chama
Mesmo com todo o emblema, todo o problema
Todo o sistema, todo Ipanema
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa gema
Mesmo com o nada feito, com a sala escura
Com um nó no peito, com a cara dura
Não tem mais jeito, a gente não tem cura
Mesmo com o todavia, com todo dia
Com todo ia, todo não ia
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa guia
Mesmo com todo rock, com todo pop
Com todo estoque, com todo Ibope
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando esse toque
Mesmo com toda sanha, toda façanha
Toda picanha, toda campanha
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa manha
Mesmo com toda estima, com toda esgrima
Com todo clima, com tudo em cima
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa rima
Mesmo com toda cédula, com toda célula
Com toda súmula, com toda sílaba
A gente vai levando, a gente vai tocando, a gente vai tomando


Vai levando (Chico Buarque & Caetano Veloso) - Chico Buarque & Maria Bethania ao vivo(1975)
clique aqui!

Vai levando (Chico Buarque & Caetano Veloso) - Tom Jobim & Miucha & Chico Buarque(1977)
clique aqui!

Vai levando (Chico Buarque & Caetano Veloso) - Caetano Veloso & Chico Buarque ao vivo

video

"Um a zero"

Um a zero

Vai começar o futebol, pois é,
Com muita garra e emoção
São onze de cá, onze de lá
E o bate-bola do meu coração
É a bola, é a bola, é a bola,
É a bola e o gol!
Numa jogada emocionante
O nosso time venceu por um a zero
E a torcida vibrou
Vamos lembrar
A velha história desse esporte
Começou na Inglaterra
E foi parar no Japão
Habilidade, tiro cruzado,
Mete a cabeça, toca de lado,
Não vale é pegar com a mão
E o mundo inteiro
Se encantou com esta arte
Equilíbrio e malícia
Sorte e azar também
Deslocamento em profundidade
Pontaria
Na hora da conclusão
Meio-de-campo organizou
E vem a zaga rebater
Bate, rebate, é de primeira
Ninguém quer tomar um gol
É coisa séria, é brincadeira
Bola vai e volta
Vem brilhando no ar
E se o juiz apita errado
É que a coisa fica feia
Coitada da sua mãe
Mesmo sendo uma santa
Cai na boca do povão
Pode ter até bolacha
Pontapé, empurrão
Só depois de uma ducha fria
É que se aperta a mão
Ou não!
Vai começar...
Aos quarenta do segundo tempo
O jogo ainda é zero a zero
Todo time quer ser campeão
Tá lá um corpo estendido no chão
São os minutos finais
Vai ter desconto
Mas, numa jogada genial
Aproveitando o lateral
Um cruzamento que veio de trás
Foi quando alguém chegou
Meteu a bola na gaveta
E comemorou


Um a zero (Pixinguinha & Benedito Lacerda & Nelson Angelo) - Arranco de Varsovia(2005)
clique aqui!

Um a zero (Pixinguinha & Benedito Lacerda) - Clara Sverner & Paulo Moura(1988)
clique aqui!

Um a zero (Pixinguinha & Benedito Lacerda) - Helsinki Flute Quartet ao vivo

video

"Tanto"

Tanto

Meu amor não leva a mal
Chega de maltratar
Quem só quer bem
E não tem mais razão de suportar
Tanto
Sendo assim não leva a mal
Para de machucar
Quem sempre te amou
E já não tem razão de duvidar
Tanto
Sua pessoa para parava a tarde suspensa
Chamo o seu nome
E logo se acende a luz
Sendo assim melhorar parar
Cuida pra não cegar
E nem perceber
Que já não tem razão pra me deixar
Tonto
Sua presença chama chamava o dia mais cedo
Tudo acendia
Ficava sempre acesa a luz
Sem querer injuriar
Trata de se ligar
Você me ganhou
E quem ajoelhou tem de rezar


Tanto (Beto Guedes & Ronaldo Bastos) - Clara Becker(2006)
clique aqui!

Tanto (Beto Guedes & Ronaldo Bastos) - Milton Nascimento & Beto Guedes & Lo Borges(1978)
clique aqui!

"Sabia"

Sabiá

Sabiá, sabiá cantou na mata
E anunciou chiu, chiu
No melhor de minha vida
Meu amor fugiu
Procurei me aproximar
Do sabiá encantador
Sentindo o meu pisar
Fez tal qual o meu amor
Quem roubou o meu sossego
A Deus eu fiz entregar
Ainda hei de ver um dia
Alguém por mim se vingar
Papagaio, maitaca, piriquito, sabiá
Quando cantam faz saudade
Dos carinhos de Iaiá


Sabia (Sinho) - Marcos Sacramento & Clara Sandroni & Lira Carioca(1999)
clique aqui!

Sabia (Sinho) - Mario Reis(1928)
clique aqui!

"Rapaz folgado"

Rapaz folgado

Deixa de arrastar o teu tamanco
Pois tamanco nunca foi sandália
E tira do pescoço o lenço branco
Compra sapato e gravata
Joga fora esta navalha que te atrapalha
Com chapéu do lado deste rata
Da polícia quero que escapes
Fazendo um samba-canção
Já te dei papel e lápis
Arranja um amor e um violão
Malandro é palavra derrotista
Que só serve pra tirar
Todo o valor do sambista
Proponho ao povo civilizado
Não te chamar de malandro
E sim de rapaz folgado


Rapaz folgado (Noel Rosa) - Francisco Egydio(1956)
clique aqui!

Rapaz folgado (Noel Rosa) - Olivia Byington(1997)
clique aqui!

Rapaz folgado (Noel Rosa) - Roberta Sa ao vivo

video

"Quando a saudade apertar"

Quando a saudade apertar (Leonel Azevedo & Jayme Florence) - Orlando Silva(1961)
clique aqui!

Quando a saudade apertar (Leonel Azevedo & Jayme Florence) - Teca Calazans(2007)
clique aqui!

sábado, 22 de novembro de 2008

"Pao doce"

Pão doce

Não adianta mentir pra mim mesma
Ficar me enganando, tentando dizer
Que nunca na vida, nunca na vida eu gostei de pão doce
Porque por mais que eu queira esconder
A verdade é que eu adorava pão doce
Não podia passar sem pão doce
Bastava ver padaria, que logo eu ia, que logo eu ia
Comprar
Não adianta mentir pra mim mesma
Porque no fundo, porque no fundo eu sei muito bem
Que essa história toda de não comer açúcar
Que essa história toda de não comer pão branco
Que essa história toda de viver de mel e pão integral
Isso tudo só foi começar muito depois
Depois de um tempo em que eu era
Tão completamente ingênua
Tão sem força de vontade
Que as doces delicadezas
De qualquer guloseima
Lânguidas me seduziam
E minha língua sofria
De incontrolável fascínio
Por cremes dourados
E frutas cristalizadas
Feito rubis incrustadas
Nas crostas crocantes dos pães
Mas hoje
Hoje tudo é diferente
Se eu olho pruma padaria, me ponho cismando, chego a duvidar
Como é que pôde um dia
Eu ter entrado tanto lá!...
Porque por mais que eu queira, mas que eu queira
Mentir pra mim mesma
Ficar me enganando, tentando dizer
Que nunca na vida, nunca na vida eu gostei de pão doce
Fazendo um exame detido, sendo sincera, eu tenho que admitir
Que a verdade, meus amigos
(pelo menos no que tange a trigos)
A verdade no duro, doa a quem doer
A verdade é que eu adorava pão doce
A verdade é que eu adorava pão doce
A verdade é que eu adorava pão doce...


Pao doce (Carlos Sandroni) - Adriana Calcanhoto(1990)
clique aqui!

Pao doce (Carlos Sandroni) - Clara Sandroni(1987)
clique aqui!

Pao doce (Carlos Sandroni) - Clara Sandroni

video

"O bem e o mal"

O bem e o mal

Nunca é tarde pra quem sabe esperar
O que se espera há de se alcançar
Eu plantei o bem e vou colher o que mereço
A felicidade deve ter meu endereço
Eu não sei porque tu falas mal de mim
Se eu tenho defeitos, Deus me fez assim
Mas tenho certeza do que me convém
Entre o mal e o bem
Tu és a treva, eu sou a luz
Entre nós dois não pode haver a união
Eu tenho a fé que me conduz
Pra me livrar de quem deseja apunhalar meu coração


O bem e o mal (Nelson Cavaquinho & Guilherme de Brito) - Clara Nunes(1978)
clique aqui!

O bem e o mal (Nelson Cavaquinho & Guilherme de Brito) - Leny de Andrade(1995)
clique aqui!

"Na casa branca da serra"

Na casa branca da terra

Na casa branca da serra
Que eu fitava horas inteiras
Entre as esbeltas palmeiras
Ficaste calma e feliz
Ai teu peito me deste
Quando pisei tua terra
Ai de mim te esqueceste
Quando eu deixei meu país
Nunca te visse eu formosa
Nunca contigo falasse
Antes nunca te encontrasse
Na minha vida enganosa
Por que não se abriu a terra?
Por que os céus não me puniram?
Quando meus olhos te viram
Na casa branca da serra


Na casa branca da serra (Guimaraes Passos & Miguel Emidio Pestana) - Carlos Galhardo(1963)
clique aqui!

Na casa branca da serra (Guimaraes Passos & Miguel Emidio Pestana) - Silvio Caldas(1958)
clique aqui!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

"Mais que a lei da gravidade"

Mais que a lei da gravidade

O grão do desejo quando cresce
É arvoredo, floresce
Não tem serra que derrube
Não tem guerra que desmate
Ele pesa sobre a terra
Mais que a lei da gravidade
E quando faz um amigo
É tão leve como a pluma
Ele nunca põe em risco
A felicidade
Quando chegar dê abrigo
Beijos, abraços, açúcar
Só deseja ser comido
O desejo é uma fruta
E com ele não relute
Pois quem luta
Não conhece a força bruta
Nem todo mal que ele faz
Satisfeito é uma moça
Sorrindo, feliz e solta
Beije o desejo na boca
Que o desejo é bom demais


Mais que a lei da gravidade (Paulinho da Viola & Capinan) - Cida Moreira(1986)
clique aqui!

Mais que a lei da gravidade (Paulinho da Viola & Capinan) - Teresa Cristina(2002)
clique aqui!

"Lamento da lavadeira"

Lamento da lavadeira

Sabão um pedacinho assim
Olha agua um pinguinho assim
O tanque um tanquinho a assim e a roupa um tantão assim
Para lavar a roupa da minha sinhá
Para lavar a roupa da minha sinhá
Para lavar a roupa da minha sinhá
Para lavar a roupa da minha sinhá

Quintal um Quintalzinho assim
A corda uma cordinha assim
O sol um solzinho assim
E a roupa um tantão assim
Para secar a roupa da minha sinhá
Para secar a roupa da minha sinhá
Para secar a roupa da minha sinhá
Para secar a roupa da minha sinhá
A sala uma salinha assim
A mesa uma mezinha assim
O ferro um ferrinho assim e a roupa um tantão assim
Para passar a roupa da minha sinhá
Para passar a roupa da minha sinhá
Para passar a roupa da minha sinhá
Para passar a roupa da minha sinhá
Trabalho um tantão assim
Cansaço é bastante sim
A roupa um tantão assim
Dinheiro um tiquinho assim
Para lavar a roupa da minha sinhá
Para secar a roupa da minha sinhá
Para passar a roupa da minha sinhá
Para passar a roupa da minha sinhá


Lamento da lavadeira (Monsueto Menezes & Nilo Chagas & Joao Violao) - Virginia Rosa(2008)
clique aqui!

Lamento da lavadeira (Monsueto Menezes & Nilo Chaves & Joao Violao) - Pery Ribeiro(1961)
clique aqui!

"Jequibach"

Jequibach (Mario Albanese & Ciro Pereira) - Os 3 Morais(1971)
clique aqui!

Jequibach (Mario Albanese & Ciro Pereira) - Tom da Terra(1995)
clique aqui!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

"Imenso do amor"

Imenso do amor (Durval Ferreira & Humberto Reis) - Johnny Alf(1967)
clique aqui!

Imenso do amor (Durval Ferreira & Humberto Reis) - Marisa Gata Mansa(1971)
clique aqui!

"Historia"

Historia (Luiz Claudio & Fernando Cesar) - Dalva de Andrade(1960)
clique aqui!

Historia (Luiz Claudio & Fernando Cesar) - Luiz Claudio(1959)
clique aqui!

"Gas neon"

Gás neon

Viver essa longa avenida de gás neon
Portas de ouro e prata
Falsos sonhos nessas noites de verão
Faces coloridas, farsas de alegria
Beijo sem sabor
Gestos clandestinos tontos e sedentos de amor
Espinhos, rosas, risos, pranto e tanto desamor
Corte, cicatrizes, gritos engasgados
Lágrimas de dor
Máscaras no rosto, continua a festa
No sorriso o sal
A orquestra geme as dores do palhaço
Triste marginal
Ai de quem mergulhar nesse mar de veneno
Nessa lama enfeitada, nesse sangue das taças
Temendo sofrer
Ai de quem quer negar esse mar de veneno
Mil vezes maldito na inconsciência


Gas neon (Gonzaguinha) - Gonzaguinha(1975)
clique aqui!

Gas neon (Gonzaguinha) - Pery Ribeiro(1976)
clique aqui!

Gas neon (Gonzaguinha) - Maria Bethania ao vivo

video

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

"Falsa consideracao"

Falsa consideração

Agora eu sei.... que o amor que você prometeu.....
não foi igual ao que você me deu..... era mentira o que você jurou....
mas não faz mal.... eu aprendi que não se deve crer....
em tudo aquilo que alguém nos diz....
num momento de prazer ou de amor....
mas tudo bem eu sei que um dia vai e outro vem....
você ainda há de encontrar alguém.... pra lhe fazer o que você me fez....
e ai....... na hora do sufoco sei você vai me procurar.....
com a mesma conversa que um dia me fez apaixonar.....
por alguém de uma falsa consideração..... e ai....... você vai perceber
que eu estou numa boa.... que durante algum tempo fiquei sem ninguém....
mas há males na vida que vem para o bem (E agora)
Laiá.....laiá......lalaiá lalaiá lalaiá lalaiá lalaiá laiá laiá....lalaiá
Lalaiá lalaiá lalaiá.......lalaiá lalaiá lalaiá lalaiá
e ai....... você vai perceber
que eu estou numa boa.... que durante algum tempo fiquei sem ninguém....
mas há males na vida que vem para o bem


Falsa consideracao (Marquinhos Sata & Eros & Liebert) - Alcione(1995)
clique aqui!

Falsa consideracao (Marquinhos Sata & Eros & Liebert) - Marquinhos Sata(1986)
clique aqui!

Falsa consideracao (Marquinhos Sata & Eros & Liebert) - Samba de Emporio ao vivo

video

"E dai"

E daí

Proibiram que eu te amasse
Proibiram que eu te visse
Proibiram que eu saisse
E perguntasse a alguém por ti
Proibam muito mais, preguem avisos
Fechem portas, ponham guizos
Nosso amor perguntará:
E daí? E daí?
E daí, por mais cruel perseguição
Eu continuo a te adorar
Ninguém pode parar meu coração
Que é teu,
Que é todo teu.


E dai (Miguel Gustavo) - Jards Macale(1974)
clique aqui!

E dai ou proibicao inutil e ilegal (Miguel Gustavo) - Isaura Garcia & Walter Wanderley e seu Conjunto(1959)
clique aqui!

"Dan cha cha cha"

Dan cha cha cha (Roberto Menescal & Ronaldo Boscoli) - Celia Reis(1965)
clique aqui!

Dan cha cha cha (Roberto Menescal & Ronaldo Boscoli) - Lucio Alves(1963)
clique aqui!

terça-feira, 18 de novembro de 2008

"Clube do samba"

Clube do samba (Joao Nogueira) - Didu Nogueira & Ivone Lara ao vivo(2000)
clique aqui!

Clube do samba (Joao Nogueira) - Joao Nogueira & Martinho da Vila(1983)
clique aqui!

Clube do samba (Joao Nogueira) - Diogo Nogueira ao vivo

video

"Bahia com h"

Bahia com h

Dá licença, dá licença, meu Senhô, Dá licença, dá licença,pra yôyô.
Eu sou amante da gostosa Bahía, porém, Pra saber seu segredoSerei Baiano também.
Dá licença, De gostar um pouquinho só, A Bahía eu não vouroubar, tem dó!
Ah! Já disse um poeta Que terra mais linda não há,
Isso é velho e do tempo que a gente escrevia Bahía com H!
Deixa ver, com meus olhos De amante saudoso A Bahía do meucoração
Deixa ver, baixa do Sapateiro Charriou, Barroquinha,Calçada, Tabuão!
Sou um amigo que volta feliz Pra teus braços abertos, Bahía!
Sou poeta e não quero ficar Assim longe da tua magia!
Deixa ver, teus sobrados, igrejas, Teus santos, ladeiras, Emontes tal qual um postal.
Dá licença de rezar pro Senhor do Bonfim, Salve! A Santa Bahíaimortal, Bahía dos sonhos mil!
Eu fico contente da vida, Em saber que Bahía é Brasil!
Salve! A Santa Bahía imortal, Bahía dos sonhos mil!


Bahia com h (Denis Brean) - Clara Moreno(2007)
clique aqui!

Bahia com h (Denis Brean) - Luiz Arruda Paes(1961)
clique aqui!

Bahia com h (Denis Brean) - Joao Gilberto ao vivo

video

"A bela e a fera"

A bela e a fera

Ouve a declaração, oh bela
De um sonhador titã
Um que dá nó em paralela
E almoça rolimã
O homem mais forte do planeta
Tórax de Superman
Tórax de Superman
E coração de poeta
Não brilharia a estrela, oh bela
Sem noite por detrás
Tua beleza de gazela
Sob meu corpo é mais
Uma centelha num graveto
Queima canaviais
Queima canaviais
Quase que eu fiz um soneto
Mais que na lua ou no cometa
Ou na constelação
O sangue impresso na gazeta
Tem mais inspiração
No bucho do analfabeto
Letras de macarrão
Letras de macarrão
Fazem poema concreto
Oh bela, gera a primavera
Aciona o teu condão
Oh, bela, faz da besta fera
Um príncipe cristão
Recebe o teu poeta, oh bela
Abre teu coração
Abre teu coração
Ou eu arrombo a janela


A bela e a fera (Edu Lobo & Chico Buarque) - Ney Matogrosso(1997)
clique aqui!

A bela e a fera (Edu Lobo & Chico Buarque) - Tim Maia(1983)
clique aqui!

A bela e a fera (Edu Lobo & Chico Buarque) - Barbara Damasio ao vivo

video

domingo, 16 de novembro de 2008

"Vaca estrela e boi fuba"

Vaca estrela e boi fubá

Seu doutô, me dê licença
Pra minha história contá
Hoje eu tô em terra estranha
É bem triste o meu pená
Eu já fui muito feliz
Vivendo no meu lugá
Eu tinha cavalo bão
Gostava de campear
Todo dia eu aboiava
Na porteira do curral
Êeeeiaaaa
Êeee vaca Estrela
Ôoooo boi Fubá
Eu sô filho do Nordeste
Não nego meu naturá
Mas uma seca medonha
Me tangeu de lá prá cá
Lá eu tinha o meu gadinho
Não é bão nem imaginá
Minha linda vaca Estrela
E o meu belo boi Fubá
Quando era de tardinha
Eu começava aboiá
Êeeeiaaaa
Êeee vaca Estrela
Ôoooo boi Fubá
Aquela seca medonha
Fez tudo se atrapaiá
Não nasceu capim no campo
Para o gado sustentá
O sertão se esturricô
Fez o açude secá
Morreu minha vaca Estrela
Se acabô meu Boi Fubá
Perdi tudo quanto eu tinha
Nunca mais pude aboiá
Êeeeiaaaa
Êeee vaca Estrela
Ôoooo boi Fubá
Hoje nas terra do Sul
Longe do torrão natal
Quando vejo em minha frente
Uma boiada a passá
As águas corre nos óio
Começo logo a chorá
Me lembro a vaca Estrela
Me lembro meu boi Fubá
Com sodade do Nordeste
Dá vontade de aboiá
Êeeeiaaaa
Êeee vaca Estrela
Ôoooo boi Fubá


Vaca estrela e boi fuba (Patativa do Assare) - Fagner(1980)
clique aqui!

Vaca Estrela e boi fuba (Patativa do Assare) - Rolando Boldrin(1981)
clique aqui!

Vaca estrela e boi fuba (Patativa do Assare) - Mayck e Lyan ao vivo

video

"Um a um"

Um a um

Esse jogo não é um a um
Esse jogo não pode ser um a um
O meu clube tem time de primeira
Sua linha atacante é artilheira
A linha média é tal qual uma barreira
O center-forward corre bem na dianteira
A defesa é segura e tem rojão
E o goleiro é igual a um paredão
Esse jogo não é um a um
Esse jogo não pode ser um a um
É encarnado e branco e preto
É encarnado e branco
É encarnado e preto e branco
É encarnado e preto
É encarnado e branco e preto
É encarnado e branco
É encarnado e preto e branco
É encarnado e preto
O meu clube jogando eu aposto
Quer jogar, um empate é pra você
Eu dou uma zura a quem aparecer
Um empate pra mim já é derrota
Eu confio nos craques da pelota
E o meu clube só joga pra vencer


Um a um (Edgar Ferreira) - Carmelia Alves(1999)
clique aqui!

Um a um (Edgar Ferreira) - Pedro Lima(2007)
clique aqui!

"Sabia"

Sabiá

A todo mundo eu dou psiu
Psiu, psiu, psiu
Perguntando por meu bem
Psiu, psiu, spiu
Eu tenho o coração vazio
Vivo assim a dar psiu
Sabiá vem cá também
A todo mundo eu dou psiu
Psiu, psiu, psiu
Perguntando por meu bem
Psiu, psiu, spiu
Tendo o coração vazio
Vivo assim a dar psiu
Sabiá vem cá também
Tu que andas pelo mundo (Sabiá)
Tu que tanto já voou (Sabiá)
Tu que fala aos passarinhos (Sabiá)
Alivia a minha dor (Sabiá)
Tem pena deu (Sabiá)
Tens por favor (Sabiá)
Tu que tanto anda no mundo (Sabiá)
Onde anda o meu amor (Sabiá).


Sabia (Luiz Gonzaga & Ze Dantas) - Clara Becker(2006)
clique aqui!

Sabia (Luiz Gonzaga & Ze Dantas) - Clara Nunes(1971)
clique aqui!

Sabia (Luiz Gonzaga & Ze Dantas) - Regional em Conserva

video

"Rancho do ano novo"

Rancho do ano novo

Meu amor abriu em prantos
debaixo de uma palmeira
ano-novo vi entrando
vi o rancho na ladeira
Mestre João vinha na frente
levando a sua gente
numa estrada, a madrugada
que demora a vida inteira
No sopro do seu clarim
vinha vindo a madrugada
a pastora Mariana
dava voltas de ciranda
lá vem dona Juliana
carregada de jasmim
de Joana são as tranças
e o amor que levou fim
Lancha nova está no porto, ô.ô
meu amor abriu em prantos, ô.ô
na entrada do ano-novo
vou voltar pra te buscar
lá se foi a lancha nova
que do céu caiu no mar
Joana não é nada
Juliana eu vou e juro
não há nada nesse mundo
que me faça demorar
lá se foi a lancha nova
que do céu caiu no mundo
faz um ano, Mariana
que eu não paro de chorar


Rancho do ano novo (Edu Lobo & Capinam) - Edu Lobo(1970)
clique aqui!

Rancho do ano novo (Edu Lobo & Capinam) - Quarteto em Cy(1967)
clique aqui!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

"Panis et circenses"

Panis et circenses

Eu quis cantar minha canção iluminada de sol
Soltei os panos sobre os mastros no ar
Soltei os tigres e os leões nos quintais
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer
Mandei fazer de puro aço luminoso um punhal
Para matar o meu amor e matei
Às cinco horas na avenida central
Mas as pessoas da sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer
Mandei plantar folhas de sonhos no jardim do solar
As folhas sabem procurar pelo sol
E as raízes procurar, procurar
Mas as pessoas da sala de jantar
Essas pessoas da sala de jantar
São as pessoas da sala de jantar
Mas as pessoas da sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer

Essas pessoas da sala de jantar ...


Panis et circenses (Caetano Veloso & Gilberto Gil) - 14 Bis & Boca Livre ao vivo(2000)
clique aqui!

Panis et circenses (Caetano Veloso & Gilberto Gil) - Os Mutantes(1968)
clique aqui!

Panis et circenses (Caetano Veloso & Gilberto Gil) - Marisa Monte ao vivo

video

"O bem do mar"

O bem do mar

O pesador tem dois amor
Um bem na terra
Um bem no mar
O bem na terra é aquela que fica
Na beira da praia quando a gente sai
O bem na terra é aquela que chora
Mas faz que não chora
Quando a gente sai
O bem do mae é o mar, é o mar
Que carrega com a gente
Pra gente pescar


O bem do mar (Dorival Caymmi) - Dorival Caymmi(1959)
clique aqui!

O bem do mar (Dorival Caymmi) - Monica Salmaso(1998)
clique aqui!

O bem do mar (Dorival Caymmi) - Alexandre Gismonti ao vivo

video

"Na boca do mato"

Na boca do mato

Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho
Escorreguei, saí de fininho
Eu esqueci que na cana tem nó
É que eu fui convidado por dona Didi
Pra curtir um barato lá na sua "caxanga"
Na boca do mato e quase fecharam meu palitó
Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...
Eu estava na minha bebendo uma "cerva"
E comendo ciscantia e pintou um negão
Todo ignorante e ela toda sem graça este é meu marido
A salvação é que eu não sou bobo
Aprendi na Bahia jogar capoeira
Com sabedoria, senão meu compadre eu estava perdido
Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...
Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...
Eu estava na minha bebendo uma "cerva"
E comendo ciscantia e pintou um negão
Todo ignorante e ela toda sem graça este é meu marido
A salvação é que eu não sou bobo
Aprendi na Bahia jogar capoeira
Com sabedoria, senão meu compadre eu estava perdido
Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...


Na boca do mato (Luiz Grande) - Joao Nogueira(1984)
clique aqui!

Na boca do mato (Luiz Grande) - Luiz Grande(2005)
clique aqui!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

"Mais feliz"

Mais feliz

O nosso amor não vai parar de rolar, de fugir e seguir como rio
como uma pedra que divide o rio
me diga coisas bonitas.
O nosso amor não vai olhar para atrás
desencantar nem ser tema de livro
a vida inteira eu quis um verso simples
para transformar o que digo
rimas facéis, calafrios,
fure o dedo faz um pacto comigo
um segundo teu no meu
por um segundo mais feliz
O nosso amor não vai olhar para atrás
desencantar nem ser tema de livro
a vida inteira de quis versos simples
para transformar o que digo
rimas facéis, calafrios,
fure o dedo faz um pacto comigo
um segundo teu no meu
por um segundo mais feliz
O nosso amor não vai parar de rolar, de fugir e seguir como rio
como uma pedra que divide o rio
me diga coisas bonitas.


Mais feliz (De & Cazuza & Bebel Gilberto) - Adriana Calcanhoto(1998)
clique aqui!

Mais feliz (De & Cazuza & Bebel Gilberto) - Bebel Gilberto(2000)
clique aqui!

Mais feliz (De & Cazuza & Bebel Gilberto) - Adriana Calcanhoto ao vivo

video

"Lamento bebop"

Lamento bebop (Luiz Reis & Haroldo Barbosa) - Aloysio e seu Conjunto(1962)
clique aqui!

Lamento bebop (Luiz Reis & Haroldo Barbosa) - Miltinho(1961)
clique aqui!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

"Heroi de guerra"

Heroi de guerra (Adilson Godoy) - Maria Odette(1968)
clique aqui!

Heroi de guerra (Adilson Godoy) - Silvia Maria & O Vocal(1968)
clique aqui!

"Garoto de aluguel"

Garoto de aluguel

Baby !
Dê-me seu dinheiro que eu quero viver
Dê-me seu relógio que eu quero saber
Quanto tempo falta para lhe esquecer
Quanto vale um homem para amar você
Minha profissão é suja e vulgar
Quero pagamento para me deitar
Junto com você estrangular meu riso
Dê-me seu amor que dele não preciso
Baby !
Nossa relação acaba-se assim
Como um caramelo que chegasse ao fim
Na boca vermelha de uma dama louca
Pague meu dinheiro e vista sua roupa
Deixe a porta aberta quando for saindo
Você vai chorando e eu fico sorrindo
Conte pras amigas que tudo foi mal
Nada me preocupa de um marginal
Baby !
Nossa relação acaba-se assim
Como um caramelo que chegasse ao fim
Na boca vermelha de uma dama louca
Pague meu dinheiro e vista sua roupa
Deixe a porta aberta quando for saindo
Você vai chorando e eu fico sorrindo
Conte pras amigas que tudo foi mal
Nada me preocupa de um marginal


Garoto de aluguel (Ze Ramalho) - Carmen Costa(1979)
clique aqui!

Garoto de aluguel ou Taxi boy (Ze Ramalho) - Thais Gulin(2007)
clique aqui!

Garoto de aluguel (Ze Ramalho) - Banda de Primeira ao vivo

video

domingo, 9 de novembro de 2008

"Falsa baiana"

Falsa baiana

Baiana que entra no samba
só fica parada
não canta não samba não bole nem nada
não sabe deixar
a mocidade loouca
Baiana é aquela
que entra no samba de qualquer maneira
que mexe remexe
dá nó nas cadeiras
e deixa a moçada com água na boca
Baiana que entra no samba
só fica parada
não canta não samba não bole nem nada
não sabe deixar
a mocidade loouca
Baiana é aquela
que entra no samba de qualquer maneira
que mexe remexe
dá nó nas cadeiras
e deixa a moçada com água na boca
A falsa baiana quando entra no samba
ninguém se incomoda
ninguém bate palma
ninguém abre a roda
ninguem grita:
"Oba ! Salve a Bahia senhor."
Mas a gente gosta
quando uma baiana
requebra direitinhoo
de cima em baixo
revira os olhinhos
e diz
"Eu sou filha de São Salvador"
ÔÔ ... ÔÔ ... ÔÔ ...
de São Salvador
Baiana que entra no samba
só fica parada
não canta não samba não bole nem nada
não sabe deixar a mocidade loouca
Baiana é aquela
que entra no samba de qualquer maneira
que mexe remexe
dá nó nas cadeiras
e deixa a moçada com água na boca
A falsa baiana quando entra no samba
ninguém se incomoda
ninguém bate palma
ninguém abre a roda
ninguem grita:
"Oba ! Salve a Bahia senhor."
Mas a gente gosta
quando uma baiana
requebra direitinhoo
de cima em baixo
revira os olhinhos
e diz
"Eu sou filha de São Salvador"
ÔÔ ... ÔÔ ... ÔÔ ...
de São Salvadooor


Falsa baiana (Geraldo Pereira) - Aquarius(1976)
clique aqui!

Falsa baiana (Geraldo Pereira) - Roberto Silva(1958)
clique aqui!

Falsa baiana (Geraldo Pereira) - Ciro Monteiro

video

"E com esse que eu vou"

É com esse que eu vou

É com esse que eu vou sambar até cair no chão
É com esse que eu vou desabafar na multidão
Se ninguém se animar
Eu vou quebrar meu tamborim
Mas se a turma gostar vai ser pra mim
Quero ver no ronca-ronca da cuíca
Gente pobre, gente rica, deputado e senador
Oi quebra, quebra que eu quero ver
Uma cabrocha boa
No piano da patroa batucando
É com esse que eu vou
Mas quebra, quebra que eu quero ver
Uma cabrocha boa, no piano da patroa... batucando
É com esse que eu vou


E com esse que eu vou (Pedro Caetano) - Quatro Aeses e um Coringa(1948)
clique aqui!

E com esse que eu vou (Pedro Caetano) - Pedro Mariano & Sandy ao vivo(2005)
clique aqui!

E com esse que eu vou (Pedro Caetano) - Elis Regina

video

"Dama das camelias"

Dama das camélias

A sorrir você me apareceu
E as flores que você me deu
Guardei no cofre da recordação
Porém depois você partiu
Prá muito longe e não voltou
E a saudade que ficou
Não quis abandonar meu coração
A minha vida se resume
Oh! Dama das Camélias
Em duas flores sem perfume
Oh! Dama das Camélias.


Dama das camelias (Braguinha & Alcyr Pires Vermelho) - Miucha(2002)
clique aqui!

Dama das camelias (Braguinha & Alcyr Pires Vermelho) - Os Tres Morais(1975)
clique aqui!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

"Bodas de prata"

Bodas de prata

Beijando teus lindos cabelos
Que a neve do tempo marcou
Eu tenho nos olhos molhados
A imagem que nada mudou
Estavas vestida de noiva
Sorrindo e querendo chorar
Feliz, assim, olhando para mim
Que nunca deixei de te amar
Vinte e cinco anos vamos festejar de união
E a felicidade continua em meu coração
Vai crescendo sempre mais o meu amor por ti
Eu também fiquei mais velho e quase não senti
Vinte e cinco anos de veneração e prazer
Pois até nos momentos de dor
O teu coração me faz compreender
Que a vida é bem pequena para tanto amor
Estavas vestida de noiva
Sorrindo e querendo chorar
Feliz, assim, olhando para mim
Que nunca deixei de te amar


Bodas de prata (Mario Rossi & Roberto Martins) - Carlos Galhardo(1945)
clique aqui!

Bodas de prata (Mario Rossi & Roberto Martins) - Francisco Petronio(1965)
clique aqui!

Bodas de prata (Mario Rossi & Roberto Martins) - Roberto S. Mahn ao vivo

video

"Cachorro babucho"

Cachorro babucho (Walter Franco) - Jards Macale(1977)
clique aqui!

Cachorro babucho (Walter Franco) - Lica Cecato(2000)
clique aqui!

"Bafo de boca"

Bafo de boca

Pára de beber, compadre,
meu compadre, deixa disso,
larga essa mulher,
mulher, de lado.
lembra do teu compromisso. (bis)
Mas veja só que malandro que tu es,
entrou num artigo 10,
por causa de 2 mil réis, compadre.
Minha comadre ja tá ficando louca,
com este teu bafo de boca
e boa coisa nao vai dar.
Pára de beber...
E a tal mulher que anda nos cabarés,
mas essa nao paga dez,
so vive trocando os pes, compadre.
Minha comadre diz que a desgraça é pouca
mas estás marcando touca
e o pau ainda vai rolar.


Bafo de boca (Joao Nogueira & Paulo Cesar Pinheiro) - Clara Nunes(1975)
clique aqui!

Bafo de boca (Joao Nogueira & Paulo Cesar Pinheiro) - Joao Nogueira & Paulo Cesar Pinheiro ao vivo(1994)
clique aqui!

"A banda"

A banda

Estava à toa na vida, o meu amor me chamou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor
A minha gente sofrida despediu-se da dor
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor
O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem
A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor

Estribilho

O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela
A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor
Mas para meu desencanto o que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar depois que a banda passou
E cada qual no seu canto, em cada canto uma dor
Depois da banda passar cantando coisas de amor


A banda (Chico Buarque) - Mario Reis(1971)
clique aqui!

A banda (Chico Buarque) - Quarteto em Cy(1968)
clique aqui!

A banda (Chico Buarque) - Nara Leao & Chico Buarque ao vivo

video

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

"Zanzibar"

Zanzibar (Edu Lobo) - Carmina Juarez(1996)
clique aqui!

Zanzibar (Edu Lobo) - Egberto Gismonti(1996)
clique aqui!

"Vaca de presepio"

Vaca de presépio

Você concorda com tudo,
não importa o que aconteça,
que nemvaca de presépio,
vai balançando a cabeça,
eu não sei mais o que faça
para lhe contrariar,
você fica achando graça,
tendo razão prá chorar.

Bote banca por um dia
e uma vez me diga não!
não deixe a monotonia
morar na situação,
também gosto de carinho,
um chamego é coisa boa,
mas até doce de coco,
que é bom, a gente enjoa.


Vaca de presepio (Billy Blanco) - Elza Soares(1963)
clique aqui!

Vaca de presepio (Billy Blanco) - Paulo Marquez & Radames Gnattali e sua Orquestra(1959)
clique aqui!

"Ultimo verso"

Ultimo verso (Clovis Beznos & Elton Medeiros) - Elton Medeiros(1980)
clique aqui!

Ultimo verso (Clovis Beznos & Elton Medeiros) - Nilze Carvalho(1982)
clique aqui!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

"Tambem, quem mandou"

Também, quem mandou

Já não sei mais viver sem ela
Mas também quem mandou
Quando estou longe dela
É uma dor, é uma dor
Que saudade
Sim eu já estou achando que
Essa saudade assim, só pode ser amor
Eu queria brincar de amor com ela
Mas também quem mandou


Tambem, quem mandou (Carlos Lyra & Vinicius) - Os Cariocas(1963)
clique aqui!

Tambem, quem mandou (Carlos Lyra & Vinicius) - Wanda Sa(1964)
clique aqui!