terça-feira, 30 de outubro de 2007

"Refem da solidao"

Refém da solidão

Quem da solidão fez seu bem
Vai terminar seu refém
E a vida pára também
Não vai nem vem
Vira uma certa paz
Que não faz nem desfaz
Tornando as coisas banais
E o ser humano incapaz de prosseguir
Sem ter pra onde ir
Infelizmente eu nada fiz
Não fui feliz nem infeliz
Eu fui somente um aprendiz
Daquilo que eu não quis
Aprendiz de morrer
Mas pra aprender a morrer
Foi necessário viver
E eu vivi
Mas nunca descobri
Se essa vida existe
Ou essa gente é que insiste
Em dizer que é triste ou que é feliz
Vendo a vida passar
E essa vida é uma atriz
Que corta o bem na raiz
E faz do mal cicatriz
Vai ver até que essa vida é morte
E a morte é
A vida que se quer


Refem da solidao (Baden Powell & Paulo Cesar Pinheiro) - Marcia ao vivo(1996)
http://www.mediafire.com/?amrsbmex1ej

Refem da solidao (Baden Powell & Paulo Cesar Pinheiro) - Marianna Leporace(2007)
http://www.mediafire.com/?fwy2kjcdzm1

"Quando vim de Minas"

Quando vim de Minas

Quando eu vim de Minas
Trouxe ouro em pó
(Quando em vim)
Ora veja você
Trabalhava lá em Minas
Juntei dinheiro numa sacola
Por causa de uma mineira
Quase peço esmola
Quando eu vim de Minas...
Você diz que é esperto
Mas esperto fui eu só
Eu que trabalhei na mina
E juntei meu ouro em pó
Quando eu vim de Minas...
Trabalhava noite e dia
Trabalhei com chuva e sol
Mas assim eu consegui
Foi trazer meu ouro em pó
Quando eu vim de Minas...
Sou mineiro, sou de fato
Sou mineiro, mas sou requintado
Eu não volto lá pra Minas
Porque tenho meu corpo cansado
Quando eu vim de Minas...


Quando vim de Minas (Xango) - Clara Nunes(1973)
http://www.mediafire.com/?bv6n9ztgg0d

Quando vim de Minas (Xango) - Xango da Mangueira(1972)
http://www.mediafire.com/?ftsloogfcm5

domingo, 28 de outubro de 2007

"E o juiz apitou"

Hoje é o "DIA DO FLAMENGUISTA"

E o juiz apitou

Eu tiro o domingo para descansar
Mas não descansei
Que louco eu fui
Regressei do futebol
Todo queimado de sol
O Flamengo perdeu
Pro Botafogo
Amanhã vou trabalhar
Meu patrão é Vascaíno
E de mim vai zombar
Foram noventa minutos
Que eu sofri como louco
Até ficar rouco
Nandinho passa a Zizinho
Zizinho serve a Pirilo
Que preparou pra chutar
Aí o juiz apitou
O tempo regulamentar
Que azar!


E o juiz apitou (Wilson Batista & Antonio Almeida) - Marcos Sacramento(1995)
clique aqui!

E o juiz apitou (Wilson Batista & Antonio Almeida) - Gasolina(1968)
clique aqui!

"Pais tropical"

Hoje é o "DIA DO FLAMENGUISTA"

País tropical

Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)
Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza
"Sambaby", "Sambaby"
Sou um menino de mentalidade mediana (Pois é)
Mas assim mesmo, feliz da vida pois eu não devo nada a ninguém (Pois é)
Pois eu sou feliz, muito feliz comigo mesmo...
Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)
Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza
"Sambaby", "Sambaby"
Eu posso não ser um Band Leader (Pois é)
Mas assim mesmo, lá em casa todos meus amigos, meus camaradinhas me respeitam (Pois é)
Essa é a razão da simpatia, do poder do algo mais e da alegria...
Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)
Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza...
"Mor...
No patropi,
Abençoá por Dê
E boni por naturê (Mas que Belê!)"
"Em feverê (Em feverê)
Tem carná (Tem carná)
Eu tenho um fuca um vió
Sou flamen e tenho uma nêga chamá Terê
Do meu Brasil"


Pais tropical (Jorge Ben) - Jorge Ben(1970)
clique aqui!

Pais tropical (Jorge Ben) - Wilson Simonal(1969)
clique aqui!

Pais tropical (Jorge Ben) - Daniela Mercury ao vivo

video

"Hino do Flamengo"

Hoje é o "DIA DO FLAMENGUISTA"

Hino do Flamengo

Uma vez Flamengo
Sempre Flamengo
Flamengo sempre eu hei de ser
É o meu maior prazer
Vê-lo brilhar
Seja na terra
Seja no mar
Vencer! Vencer! Vencer!
Uma vez Flamengo
Flamengo até morrer
Na regata ele me mata
Me maltrata, me arrebata
De emoção no coração!
Consagrado no gramado
Sempre amado, o mais cotado
Nos Fla-Flus é o ai, Jesus!
Eu teria
Um desgosto profundo
Se faltasse
O Flamengo no mundo
Ele vibra, ele é fibra
Muita libra já pesou
Flamengo até morrer
Eu sou!


Hino do Flamengo (Lamartine Babo) - Joao Bosco(1995)
clique aqui!

Hino do Flamengo (Lamartine Babo) - Tim Maia(1997)
clique aqui!

Hino do Flamengo (Lamartine Babo) - Toque de Arte

video

"Samba rubro-negro"

Hoje é o "DIA DO FLAMENGUISTA"

Samba rubro-negro

Flamengo joga amanhã
Eu vou pra lá
Vai haver mais um baile no Maracanã
O mais querido
Tem Rubens, Dequinha e Pavão
Eu já rezei pra São Jorge
Pro mengo ser campeão
O mais querido
Tem Rubens, Dequinha e Pavão
Eu já rezei pra São Jorge
Pro mengo ser campeão
Pode chover, pode o sol me queimar
Que eu vou pra ver
A charanga do Jaime tocar:
Flamengo! Flamengo!
Tua glória é lutar
Quando o mengo perde
Eu não quero almoçar
Eu não quero jantar


Samba rubro-negro (Wilson Batista & Jorge de Castro) - Carlinhos Vergueiro(1995)
clique aqui!

Samba rubro-negro (Wilson Batista & Jorge de Castro) - Joao Nogueira(1979)
clique aqui!

Samba rubro-negro (Wilson Batista & Jorge de Castro) - Joao Nogueira ao vivo

video

sábado, 27 de outubro de 2007

"Pra dizer adeus"

Pra dizer adeus

Adeus
Vou pra não voltar
E onde quer que eu vá
Sei que vou sozinho
Tão sozinho amor
Nem é bom pensar
Que eu não volto mais
Desse meu caminho
Ah, pena eu não saber
Como te contar
Que o amor foi tanto
E no entanto eu queria dizer
Vem
Eu só sei dizer
Vem
Nem que seja só
Pra dizer adeus


Pra dizer adeus (Edu Lobo & Torquato Neto) - Edu Lobo & Dori Caymmi(1968)
http://www.mediafire.com/?8boxjdlf14d

Pra dizer adeus (Edu Lobo & Torquato Neto) - Luiz Eca(1976)
http://www.mediafire.com/?4nfordjdsxm

"O que eu gosto de voce"

O que eu gosto de voce

O que eu gosto de você
é esse seu jeitinho de sorrir
esse sorriso lindo como que!
O que eu não gosto de você
é esse seu olhar indiferente
que machuca tanto a gente
quando a gente fala com você.
Eu não sei bem porque
fui gostar mesmo assim
sem saber se você
vai gostar de mim.
Mas o que eu sinto por você
já é definitivo, não tem jeito
já não vivo satisfeito
esperando sempre por você.
Adoro esse seu jeito
de pensar e de ser
será que não há jeito
de você compreender
que no meu dicionário
só existe uma palavra: VOCÊ!


O que eu gosto de voce (Silvio Cesar) - Doris Monteiro(1963)
http://www.mediafire.com/?arcmt0d2qmz

O que eu gosto de voce (Silvio Cesar) - Silvio Cesar(1961)
http://www.mediafire.com/?6wzvjbdzjl1

"Negrinho do pastoreio"

Negrinho do pastoreio

Negrinho do Pastoreio,
Acendo esta vela pra ti
E peço que me devolvas
A querência que perdi.
Negrinho do pastoreio,
Traze a mim o meu rincão.
Eu te acendo esta velinha,
Nela esta meu coração.
Quero ver meu lindo pago
Coloreado de pitanga.
Quero ver a gauchinha
A brincar nÂ’água da sanga.
/:Quero trotear pelas coxilhas,
Respirando a liberdade,
Que eu perdi naquele dia.
Que me embretei na cidade.
:/Negrinho do pastoreio,
Acendo esta vela pra ti
E peço que me devolvas
A querência que perdi.
Negrinho do pastoreio,
Traze a mim o meu rincão.
A velinha está queimando,
E aquecendo a tradição.


Negrinho do pastoreio (Barbosa Lessa) - Elizah(2002)
http://www.mediafire.com/?9x1srjjg463

Negrinho do pastoreio (Barbosa Lessa) - Maria Lucia(1998)
http://www.mediafire.com/?q2apgyrixme

"Meu consolo e voce"

Meu consolo é você

Meu consolo é você
Meu grande amor
Eu explico por que
Sem você sofro muito
Não posso viver
Sem você mais aumenta
O meu padecer
Tudo fiz sem querer
Meu grande amor
Eu peço desculpa a você

Mas se por acaso
Você não me perdoar
Juro por Deus
Que não vou me conformar
Pois a minha vida
Sem você é um horror
Eu sofro noite e dia
E você sabe por que
Meu consolo é você


Meu consolo e voce (Nassara & Roberto Martins) - Alaide Costa(2001)
http://www.mediafire.com/?7ynemvebs0j

Meu consolo e voce (Nassara & Roberto Martins) - Elza Soares(1969)
http://www.mediafire.com/?48xj4t56lem

"Lua"

Lua (Jabolo & Catoni & Walteni) - Luiz Carlos da Vila & Ze Luiz(1998)
http://www.mediafire.com/?94ywhdptumx

Lua (Mabel Veloso & Roberto Mendes) - Maria Bethania(1983)
http://www.mediafire.com/?enn2mmjb0oo

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

"Joao e Maria"

Joao e Maria (Hilton Accioli & Geraldo Vandre) - Maria Odette(1966)
http://www.mediafire.com/?eaxsoeyb9xn

Joao e Maria (Roberto Carlos & Carlos Imperial) - Roberto Carlos(1959)
http://www.mediafire.com/?4d12mmdnitx

"Inutil paisagem"

Inútil paisagem

Mas pra que
Pra que tanto céu
Pra que tanto mar, pra que?
De que serve esse onda que quebra
E o vento da tarde?
De que serve a tarde?
Inútil paisagem
Pode ser
Que não venhas mais
Que não venhas nunca mais
De que servem as flores que nascem
Pelo caminho?
Se o meu caminho
Sozinho é nada


Inutil paisagem (Tom Jobim & Aloysio de Oliveira) - Conjunto Som 4(1964)
http://www.mediafire.com/?1j9mzunrnzn

Inutil paisagem (Tom Jobim & Aloysio de Oliveira) - Rosana Toledo(1964)
http://www.mediafire.com/?dijbyx3wjts

"A forca do samba"

A forca do samba (Luiz Grande) - Joao Nogueira(1980)
http://www.mediafire.com/?6rdxzjcznmw

A forca do samba ou O tempo vai passando (Luiz Grande) - Luiz Grande(2005)
http://www.mediafire.com/?2r9zaexxx3x

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

"Historia da liberdade no Brasil"

História da liberdade no Brasil

Quem por acaso folhear a História do Brasil
Verá um povo cheio de esperança
Desde criança,
Lutando para ser livre varonil.
O nobre Amadeu Ribeiro,
O homem que não quis ser rei,
O Manoel, o Bequimão,
Que no Maranhão
Fez aquilo tudo que ele fez.
Nos Palmares,
Zumbi, o grande herói,
Chefia o povo a lutar
Só para um dia alcançar
Liberdade.
Quem não se lembra
Do combate aos Emboabas
E da chacina dos Mascates,
Do amor que identifica
O herói de Vila Rica.
Na Bahia são os alfaiates,
Escrevem com destemor,
Com sangue, suor e dor
A mensagem que encerra o destino
De um bom menino.
Tiradentes, Tiradentes,
O herói inconfidente, inconfidente,
Domingos José Martins
Abraçam o mesmo ideal.
E veio o "Fico" triunfal
Contrariando toda a força em Portugal.
Era a liberdade que surgia,
Engatinhando a cada dia,
Até que o nosso Imperador
A Independência proclamou.
Ô-ô, oba, lá-rá-iá, lá-rá-iá-iá
Oba, lá-rá-iá, lá-rá-iá!
Frei Caneca, mas um bravo que partiu,
Em seguida veio o 7 de abril,
No dia 13 de maio
Negro deixou de ter senhor,
Graças à Princesa Isabel,
Que aboliu com a Lei Áurea
O cativeiro tão cruel.
Liberdade, Liberdade afinal,
Deodoro acenou,
Está chegando a hora,
E assim quando a aurora raiou,
Proclamando a República,
O povo aclamou


Historia da liberdade no Brasil (Aurinho da Ilha & Didi) - Martinho da Vila em Salgueiro 67(1976)
http://www.mediafire.com/?2zyglzz0gym

Historia da liberdade no Brasil (Aurinho da Ilha & Didi) - Sombrinha em Salgueiro 67(1991)
http://www.mediafire.com/?1jgc9f4dzjm

"Gente"

Gente

Gente que entende
que não pode dar
porque nunca na vida sofreu por não ter
Deus quando fez essa terra pensou em fazer tudo bem diferente
Não que eu queira ter muita coisa demais
quero é ter um pouco de paz
quero apenas ter um lugar pra morar
porque
veja bem
há quem tem
sem saber
mais de cem
pode até mesmo o Senhor se zangar
e vir para a Terra e
tudo mudar.


Gente (Marcos Valle & Paulo Sergio Valle) - Johnny Alf(1998)
http://www.mediafire.com/?32t0yecxsyo

Gente (Marcos Valle & Paulo Sergio Valle) - Neyde Fraga(1965)
http://www.mediafire.com/?9jw0e2n1ldm

"Fim do ano"

Fim do ano (Jose Miguel Wisnik & Swami Junior) - Jose Miguel Wisnik(2000)
http://www.mediafire.com/?8bmxhj9ey11

Fim do ano (Jose Miguel Wisnik & Swani Junior) - Vania Bastos(1997)
http://www.mediafire.com/?8xyngnqrbtt

"Essa mare"

Essa mare (Ivan Lins & Ronaldo Monteiro de Souza) - Ivan Lins(1974)
http://www.mediafire.com/?f0cfjymbswz

Essa mare (Ivan Lins & Ronaldo Monteiro de Souza) - Leny Andrade & Romero Lubambo(1994) http://www.mediafire.com/?21d0t01jytd

"Desvairada"

Desvairada (Garoto) - Copinha(1981)
http://www.mediafire.com/?0px4qn3d9yo

Desvairada (Garoto) - Nicolas Krassik & Carlos Malta(2004)
http://www.mediafire.com/?0ybgsjhln9x

"Conto de areia"

Conto de areia

É água no mar, é maré cheia oi
mareia, oi, mareia

Contam que toda tristeza
que tem na Bahia
nasceu de uns olhos morenos
molhados de mar
não sei se é conto de areia
ou se é fantasia
que a luz da candeia alumia
pra gente contar

Um dia a morena enfeitada
de rosas e rendas
abriu seu sorriso de moça
e pediu pra dançar.
a noite emprestou as estrelas
bordadas de prata
e as águas de Amaralina
eram gotas de luar

Era um peito só
cheio de promessa, era só

Quem foi que mandou o seu amor
se fazer de canoeiro
o vento que rola das palmas
arrasta no veleiro
e leva pro meio das águas
de Iemanjá
e o mestre valente vagueia
olhando pra areia sem poder chegar

Adeus, meu amor, não me espera
porque eu já vou me embora
pro reino que esconde os tesouros
de minha senhora
desfia colares e conchas
pra vida passar
e deixa de olhar pros veleiros
adeus, meu amor, eu não vou mais voltar

Foi beira mar é é é beira mar quem chamou


Conto de areia (Romildo & Toninho) - Clara Nunes(1974)
http://www.mediafire.com/?03cginyqyuz

Conto de areia (Romildo & Toninho) - Martinalia ao vivo(1997)
http://www.mediafire.com/?dyz8tptyyod

"Bom dia"

Bom dia

Madrugou, madrugou
A mancha branca do sol
Acordou o dia
E o dia já levantou
Acorda meu amor
A usina já tocou
Acorda é hora
De trabalhar meu amor
Acorda é hora
O dia veio roubar
Teu sono cansado
É hora de trabalhar
O dia te exige
O suor e o braço
Pra usina do dono
Do teu cansaço
Acorda meu amor
É hora de trabalhar
O dia já raiou
É hora de trabalhar
Madrugou, madrugou
A mancha branca do sol
Acordou o dia
E o dia já levantou
Ele sai, ele vai
A usina já tocou
Bom dia, bom dia
Até logo meu amor


Bom dia (Gilberto Gil & Nana Caymmi) - Gal Costa(1967)
http://www.mediafire.com/?yyy4rjho8pd

Bom dia (Gilberto Gil & Nana Caymmi) - Maria Lucia(1998)
http://www.mediafire.com/?4iyjmznhjdb

"Apelo"

Apelo

Ah! meu amor não vás embora
vê a vida como chora
Vê que triste esta canção
Não eu te peço não te ausentes
pois a dor que agora sentes
Só se esquece no perdão
Ah! minha amada me perdoa
pois embora ainda te doa
A tristeza que causei
Eu te suplico não destruas
tantas coisas que são tuas
Por um mal que já paguei
Ah! minha amada se soubesses
da tristeza que há nas preces
Que chorar te faço eu
Se tu soubesses do momento
quanto ao arrependimento
Como tudo entristeceu
Se tu soubesses como é triste
eu saber que tu partistes
Sem sequer dizer adeus
Ah! meu amor tu voltarias
e de novo cairias
A chorar nos braços meus (2x)


Apelo (Baden Powell & Vinicius) - 3 na Bossa(2000)
http://www.mediafire.com/?1vj1lcsvsxz

Apelo (Baden Powell & Vinicius) - Marianna Leporace(2007)
http://www.mediafire.com/?6ul1nxybyz1

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

"Tradicao"

Tradição

Quem nunca viu o samba amanhecer
Vai no Bixiga pra ver
Vai no Bixiga pra ver
O samba não levanta mais poeira
Asfalto hoje cobriu o nosso chão
Lembranças eu tenho da Saracura
Saudades tenho do nosso cordão
Bixiga hoje é só aranha-céu
E não se vê mais a luz da Lua
Mas o Vai-Vai
Está firme no pedaço
É tradição e o samba continua


Tradicao (Geraldo Filme) - Beth Carvalho ao vivo(1987)
http://www.mediafire.com/?8g01jis01zc

Tradicao ou Vai no Bexiga pra ver (Geraldo Filme) - Geraldo Filme(1985)
http://www.mediafire.com/?8dax1zlmmyl

"Telecoteco nº 2"

Teleco-teco nº 2 (Nelsinho & Oldemar Magalhaes) - Elza Soares(1960)
http://www.mediafire.com/?fifzezcjuje

Teleco-teco nº 2 (Nelsinho & Oldemar Magalhaes) - Miltinho(1961)
http://www.mediafire.com/?b9yhcp0zsrz

"Se e pecado sambar"

Se é pecado sambar

Se é pecado sambar
A Deus eu peço perdão
Eu não posso evitar
A tentação
De um samba dolente
Que mexe com a gente
Fazendo endoidecer
É um tal de me pega
Me solta me deixa
Sambar até morrer
Se é pecado sambar
Só o samba é culpado
De eu abandonar meu lar
Se sambar é pecado
Deus terá me perdoado


Se e pecado sambar (Manoel Santana) - Mariana Moraes(2001)
http://www.mediafire.com/?fwjlbupoxg8

Se e pecado sambar (Manoel Santana) - Marlene(1950)
http://www.mediafire.com/?5jdzxxs80d4

"Se alguem telefonar"

Se alguém telefonar

Se alguém, alguém que eu sei, pra mim, telefonar, não estou!
Se alguém, a voz de alguém por mim mandar chamar não voltou!
Essa noite não quero ninguém
Não escuto mentiras de amor
Das promessas que vão me fazer a melhor sei de cor
Se alguém, um certo alguém, de novo perguntar como estou
Diga então que quem saiu recados não pediu, nem deixou
Vá dizer se quiser que sumi, devo andar a vagar por ai
Por favor, posso chorar? Atenda em meu lugar.


Se alguem telefonar (Alcir Pires Vermelho & Jair Amorim) - Carlos Jose(1958)
clique aqui!

Se alguem telefonar (Alcir Pires Vermelho & Jair Amorim) - Milton Nascimento(1999)
clique aqui!

Se alguem telefonar (Alcyr Pires Vermelho & Jair Amorim) - Milton Carlos(1975)
clique aqui!

"Suas mãos"

Suas mãos

As suas mãos onde estão?
Onde está o seu carinho?
Onde está você?
Ah... se eu pudesse buscar
Se eu soubesse onde encontrar
Seu amor, seu amor...
Um dia há de chegar
Quando ainda não sei
Você vai procurar
Onde eu estiver
Sem amor, sem você
Suas mãos onde estão?
Onde está o seu carinho?
Onde está você?
Um dia há de chegar
Quando ainda não sei
Você vai procurar onde eu estiver
Sem amor, sem você
As suas mãos onde estão?
Onde está o seu carinho?
Onde está você?


Suas maos (Pernambuco & Antonio Maria) - Claudette Soares(1974)
http://www.mediafire.com/?75hppdck4vq

Suas maos (Pernambuco & Antonio Maria) - Elizeth Cardoso & Coro(1958)
http://www.mediafire.com/?8bhsz3y00mr

"Saudade fez um samba"

Saudade fez um samba

Deixa que o meu samba
Sabe tudo sem você
Não acredito que o meu samba
Só dependa de você
A dor é minha em mim doeu
A culpa é sua o samba é meu
Então não vamos mais brigar
Saudade fez um samba em seu lugar
Deixa que o meu samba
Sabe tudo sem você
Não acredito que o meu samba
Só dependa de você
A dor é minha em mim doeu
A culpa é sua o samba é meu
Então não vamos mais brigar
Saudade fez um samba em seu lugar
Deixa que o meu samba
Sabe tudo sem você
Não acredito que o meu samba
Só dependa de você
A dor é minha em mim doeu
A culpa é sua o samba é meu
Então não vamos mais brigar
Saudade fez um samba em seu lugar (benzinho)
Saudade fez um samba em seu lugar


Saudade fez um samba (Carlos Lyra & Ronaldo Boscoli) - Carlos Lyra(1993)
http://www.mediafire.com/?1jdcxbzjgm2

Saudade fez um samba (Carlos Lyra & Ronaldo Boscoli) - Joao Gilberto(1959)
http://www.mediafire.com/?czevodb1pvb

domingo, 7 de outubro de 2007

"Jongo Trio"

Jongo Trio

Era um piano
Era a cidade
E tinha tudo a ver
Tinha o poeta a felicidade
Muito pra se dizer
Que som mais lindo no ar, viu
As melodias do Tom
E o Jongo Trio pra tocar, bom!
Sa sabadaba sa sabada
Coisas de bossa-nova
Ai quem me dera ter a ilusão
Que o tempo será bom com as canções
Que foram as mais lindas canções
Tão cheias de paz


Jongo Trio (Eduardo Gudin) - Eduardo Gudin & Monica Salmaso & Renato Braz & Marcia Lopes & Luiz Bastos(1995)
http://www.mediafire.com/?bqlc9wzlfln

Jongo Trio (Eduardo Gudin) - Vania Bastos(1994)
http://www.mediafire.com/?8xdyrytbt4y

"Jogo de cintura"

Jogo de cintura (Dori Caymmi & Paulo Cesar Pinheiro) - Joyce & Dori Caymmi(2005)
http://www.mediafire.com/?0xxgd2lmlyo

Jogo de cintura (Nando Cordel) - Elba Ramalho(1989)
http://www.mediafire.com/?a2zxljxoovl

"Jogo de Angola"

Jogo de Angola

No tempo em que o negro chegava fechado em gaiola,
Nasceu no Brasil, Quilombo e Quilombola.
E todo dia, negro fugia juntando a curriola.
De estalo de açoite, de ponta de faca e zunido de bala
Negro voltava pra Angola, no meio da senzala.
E ao som do tambor primitivo, berimbau, maraca e viola
Negro grita: Abre ala! vai ter jogo de Angola
Perna de brigar, camará; Perna de brigar olê.
Ferro de furar, camará; Ferro de furar olê.
Arma de atirar camará; Arma de atirar olê olê
Dança Guerreira
Corpo do negro é de mola na capoeira
Negro embola e desembola
E a dança que era uma festa pro dono da terra
Virou a principal defesa do negro na guerra.
Pelo que se chamou libertação
E por toda força, coragem e rebeldia
Louvado será todo dia
que esse povo cantar e lembrar o jogo de Angola
da escravidão no Brasil
Perna de brigar, camará; Perna de brigar olê.
Ferro de furar, camará; Ferro de furar olê.
Arma de atirar camará; Arma de atirar olê olê


Jogo de Angola (Mauro Duarte & Paulo Cesar Pinheiro) - Clara Nunes(1978)
http://www.mediafire.com/?em5nu2bnwgy

Jogo de Angola (Mauro Duarte & Paulo Cesar Pinheiro) - Mauro Duarte & Paulo Cesar Pinheiro(1980)
http://www.mediafire.com/?dmvgt1sq1gz

"Interior"

Interior

Maninha me mande um pouco
Do verde que te cerca
Um pote de mel
Meu coleiro cantor, meu cachorro veludo
E umas jaboticabas
Maninha me traga meu pé de laranja-da-terra
Me traga também um pouco de chuva
Com cheiro de terra molhada
Um gosto de comida caseira
Um retrato das crianças
E não se esqueça de me dizer
Como vai indo minha madrinha
E não se esqueça de uma reza forte
Contra mau-olhado


Interior (Rosinha de Valenca) - Alcione(2004)
http://www.mediafire.com/?c0etizznzma

Interior (Rosinha de Valenca) - Maria Bethania(1978)
http://www.mediafire.com/?fc5ksc3otje

sábado, 6 de outubro de 2007

"Inspiracao"

Inspiracao (Flavio Henrique) - Paulinho Pedra Azul(1995)
http://www.mediafire.com/?8jnmrincxtb

Inspiracao (Itamar Assumpcao & Na Ozzetti) - Na Ozzetti(1994)
http://www.mediafire.com/?0tzgvejd4vm

"Insonia"

Insonia (Gonzaguinha) - Gonzaguinha(1973)
http://www.mediafire.com/?fgh5sxqxma3

Insonia (Neoci & Bandeira Brasil & Nelson Cavaquinho) - Velha Guarda da Mangueira(1999)
http://www.mediafire.com/?1ildwjj0kzm

"Insensatez"

Insensatez

A insensatez que você fez
Coração mais sem cuidado
Fez chorar de dor
O seu amor
Um amor tão delicado
Ah, porque você foi fraco assim
Assim tão desalmado
Ah, meu coração quem nunca amou
Não merece ser amado
Vai meu coração ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade
Vai, meu coração pede perdão
Perdão apaixonado
Vai porque quem não
Pede perdão
Não é nunca perdoado


Insensatez (Tom Jobim & Vinicius) - Aurea Martins(1972)
http://www.mediafire.com/?7xmua2ln03l

Insensatez (Tom Jobim & Vinicius) - Eliana Printes(2000)
http://www.mediafire.com/?cnmmwowcwee

"Inquietacao"

Inquietação

Quem se deixou escravizar
E, no abismo, despencar
Por um amor qualquer
Quem, no aceso da paixão
Entregou o coração
À uma mulher
Não soube o mundo compreender
Nem a arte de viver
Nem chegou, mesmo de leve, a perceber
Que o mundo é sonho, fantasia
Desengano, alegria
Sofrimento, ironia
Nas asas brancas da ilusão
Nossa imaginação
Pelo espaço, vai, vai, vai
Sem desconfiar
Que mais tarde cai
Para nunca mais voar


Inquietacao (Ary Barroso) - Dori Caymmi(1995)
http://www.mediafire.com/?71gf9gbnzvt

Inquietacao (Ary Barroso) - Elizeth Cardoso(1991)
http://www.mediafire.com/?azpzmpj0tvy

"Ingenuo"

Ingenuo (Pixinguinha & Benedito Lacerda) - Nilze Carvalho(1981)
http://www.mediafire.com/?3xbjdzhc0kx

Ingenuo (Pixinguinha) - Carlos Poyares(1977)
http://www.mediafire.com/?fsxjwbusgvg

"Influencia do jazz"

Influência do jazz

Pobre samba meu,
Foi se misturando se modernizando e se perdeu
E o rebolado cadê não tem mais
Cadê o tal gingado que mexe com a gente
Coitado do meu samba mudou de repente
Influência do jazz
Quase que morreu
E acaba morrendo, está quase morrendo não percebeu
Que o samba balança de um lado pro outro
O jazz é diferente, pra frente pra trás
O samba meio morto ficou meio torto
Influência do jazz
No afro cubano vai complicando vai
Pelo cano vai
Vai entortando vai sem descanso vai
sai, cai... do balanço
Pobre samba meu
Volta lá pro morro e pede socorro onde nasceu
Pra não ser um samba com notas de mais
Não ser um samba torto, pra frente pra trás
Vai ter que se virar pra poder se livrar
Da influência do jazz.


Influencia do jazz (Carlos Lyra) - Celia Reis(1965)
http://www.mediafire.com/?ann3utwsewe

Influencia do jazz (Carlos Lyra) - Leny Andrade ao vivo(1963)
http://www.mediafire.com/?9hl4e995gn4

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

"Hora de chorar"

Hora de chorar

Com licença, está na minha hora de chorar
Paciência, tenho que desabafar
Só quem perdeu seu grande amor
Sabe dar valor ao pranto meu
Quero ver chorar quem não sofreu,
Quero ver chorar quem não sofreu.

Deixa meu pranto rolar
Hoje eu quero sofrer
A recordação de um grande amor
Faço do pranto a dor da minha dor
ÔoooÔ
Esse pranto faz parte do meu desamor.


Hora de chorar (Jorge Pessanha & Mano Decio) - Beth Carvalho(1973)
clique aqui!

Hora de chorar (Jorge Pessanha & Mano Decio) - Mano Decio(1975)
clique aqui!

"Helena, Helena, Helena"

Helena, Helena, Helena

Talvez um dia
Por descuido ou fantasia
Helena, Helena, Helena
Nos meus braços debruçou
Foi por encanto, ou desencanto
Ou até mesmo por meu canto
Por meu pranto
Ou foi por sexo
Ou viu em mim o seu reflexo
Ou quem sabe uma aventura
Até mesmo uma procura
Pra encontrar um grande amor
Mas hoje eu sei que um dia
Por faltar telefonema
Helena, Helena, Helena
Nos meus braços pernoitou
Foi por acaso, por um caso
Ou até mesmo por costume
Pra sentir o meu perfume
Dar amor por um programa
Dar seu corpo num programa
Hoje vai e nem me chama
Um adeus é o que deixou
Talvez um dia, por esperança
Ou ser criança
Deixei Helena, Helena
Com seus braços me guiar
Fui sem destino, tão menino
E hoje eu vejo o desatino
Estou perdido numa estrada
Peço ajuda a quem passa
Tanto amor pra dar de graça
Todo mundo acha graça
Deste fim que me levou
Maria Helena
E seus homens de renome
Entre eles fez seu nome
E entre eles se elevou
Foi sem amor, foi sem pudor
Mas hoje entendo o jeito desses
Pra salvar seus interesses
Dar seu corpo custa nada
E com o ar de apaixonada
Em suas rodas elevadas
Seu destino assegurou
Talvez um dia
Por desejo de poesia
Helena, Helena, Helena
Talvez queira dar a mão
Talvez tão tarde, até em vão
Quem sabe eu tenha um rumo à vista
Ou quem sabe eu nem exista
Ofereço este meu canto a qualquer preço
A qualquer pranto
Não quero amor, não se discute
Eu procuro quem me escute


Helena, Helena, Helena (Alberto Land) - Pery Ribeiro(1999)
http://www.mediafire.com/?bx2oxcxdml2

Helena, Helena, Helena (Alberto Land) - Taiguara(1968)
http://www.mediafire.com/?c50qme1eswn

"Face a face"

Face a face

São as trapaças da sorte, são as graças da paixão
Pra se combinar comigo tem que ter opinião
São as desgraças da sorte, são as traças da paixão
Quem quiser casar comigo tem que ter bom coração
Morena quando repenso o nosso sonho fagueiro
O céu estava tão denso, o inverno tão passageiro
Uma certeza me nasce, e abole todo o meu zelo
Quando me vi face a face fitava o meu pesadelo
Estava cego o apelo, estava solto o impasse
Sofrendo nosso desvelo, perdendo no desenlace
No rolo feito um novelo, até o fim do degelo
Até que a morte me abrace
São as desgraças da sorte, são as traças da paixão
Quem quiser casar comigo tem que ter bom coração
São as trapaças da sorte, são as graças da paixão
Pra se combinar comigo tem que ter opinião
Morena quando relembro aquele céu escarlate
Mal começava dezembro, já ia longe o combate
Uma lambada me bole, uma certeza me abate
A dor querendo que eu morra, o amor querendo que eu mate
Estava solta a cachorra que mete o dente e não late
No meio daquela zorra, perdendo no desempate
Girando feito piorra, até que a mágoa escorra
Até que a raiva desate
São as trapaças da sorte, são as graças da paixão
Pra se combinar comigo tem que ter opinião
São as desgraças da sorte, são as traças da paixão
Quem quiser casar comigo tem que ter bom coração.


Face a face (Sueli Costa & Cacaso) - Lucinha Lins(2002)
http://www.mediafire.com/?3nj0ubzsmp0

Face a face (Sueli Costa & Cacaso) - Simone(1977)
http://www.mediafire.com/?exem9tjp5yy

"Faca"

Faca

O seu nome é uma faca
me dilacerando
O segredo é uma faca
de dois gumes
Morro de Paixão,
morro de ciúmes
Você vive na estrela
incomunicável
Você fala comigo
e nem me vê
Preciso olhar o céu
pra compreender você
O seu nome é uma faca
lâmina afiada
enterrada no peito até o fim
É melhor morrer de uma vez
Eu estou jogada a seus pés
Tenha dó de mim


Faca (Fatima Guedes) - Alaide Costa & Joao Carlos Assis Brasil(1995)
http://www.mediafire.com/?b4yznnhfisz

Faca (Fatima Guedes) - Fatima Guedes(1993)
http://www.mediafire.com/?8qdxjymv4eq

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

"De onde vens"

De onde vens

Ah! Quanta dor vejo em teus olhos
Quanto pranto em teu sorriso
Tão vazias as tuas mãos
De onde vens assim cansado
De que dor, de qual distância
De que terras, de que mar
Só quem partiu pode voltar
E eu voltei pra te contar
Dos caminhos onde andei
Fiz do riso amargo pranto
No olhar, sempre os teus olhos
No peito aberto, uma canção
Se eu pudesse de repente
Te mostrar meu coração
Saberias no momento
Quanta dor há dentro dele
Dor de amor quando não passa
É porque o amor valeu


De onde vens (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Alcione ao vivo(2000)
http://www.mediafire.com/?bjz1d82mzbn

De onde vens (Dori Caymmi & Nelson Motta) - Elis Regina(1968)
http://www.mediafire.com/?cxj3ygyhsiz

"De conversa em conversa"

De conversa em conversa

Oi de conversa em conversa
Você vai arranjando um modo de brigar
Oi de palavra em palavra você está querendo
É nos separar
Parece até que o destino uniu-se com você
Só pra me maltratar
Cada dia que passa é mais uma tormenta
Que eu deixei passar
Nosso viver não adianta
É melhor juntarmos nossos trapos
Arrume tudo que é seu
Que vou separando os meus farrapos
Vivendo dessa maneira continuar é besteira
Não adianta não, não, não
O que passou é poeira
Deixa de asneira que eu não sou limão
Não sou limão, eu não!


De conversa em conversa (Lucio Alves & Haroldo Barbosa) - Isaura Garcia(1946)
http://www.mediafire.com/?bo9lyz45vhj

De conversa em conversa (Lucio Alves & Haroldo Barbosa) - Revista do Samba(2003)
http://www.mediafire.com/?ajei9fcnvot

"De babado"

De babado

De Babado sim,
Meu amor ideal
Oi de babado, não
Seu vestido de babado
Que é de fato alta costura
Me fez sábado passado
Ir até a Cascadura
Breque:E voltei com a perna dura
Com vestido de babado
Eu comprei lá em Paris
Eu sambei num batizado
Não dei palpite infeliz
Breque:Você não viu porque não quis


Quando eu ando a seu lado
Você sobe de valor
Seu vestido de babado
É você sem meu amor
Breque:Eu acho bombom sem doçura


Quando andei pela Bahia
Pesquei muito tubarão
Mas pesquei um bicho, um dia
Que comeu a embarcação
Breque:Não era peixe, era dragão
Brasileiro diz, "Meu Bem "
E Francês diz, Mon Amour
Você diz, "Vale quem Tem "
Muito dinheiro pra pagar seu ponto "ajour"
Breque:Eu ando sem "I'argent toujours"
Tu me diz um verso agora
Que eu já vou me mandar
Não vou dizer porque tenho respeito
Estou com o verso aqui no peito
Breque:Oi, você vai me desculpar


De babado (Noel Rosa & Joao Mina) - Joao Nogueira & Alcione(1981)
http://www.mediafire.com/?f93sjmz2j1n

De babado (Noel Rosa & Joao Mina) - Noel Rosa & Marilia Baptista(1936)
http://www.mediafire.com/?5v2eu2dmc5x

"De amor e bom"

De amor é bom

Um lindo canto
Com gosto de viver
Pintou bonito
E ganhou meu coração
Ah, como é bom viver
É bom viver de amor
E até morrer
De amor é bom
É bom se ter poder
Porque poder pode poder
É bom agente ter
O que ninguém pôde ganhar
Saber o que será
O dia de amanhã
Comer, beber, dormir, sonhar
E ser um bon-vivant
O amor não quer poder
Não quer dinheiro não
O amor não quer beber
O vinho da ilusão
O amor é bem querer
É a fonte da emoção
Então lugar de amor
É mesmo o coração


De amor e bom (Edil Pacheco & Joao Nogueira) - Agepe(1992)
http://www.mediafire.com/?cxzcbf242qm

De amor e bom (Edil Pacheco & Joao Nogueira) - Joao Nogueira(1985)
http://www.mediafire.com/?7tfxcz0njxc

"Das rosas"

Das rosas

Nada como ser rosa na vida
Rosa mesmo ou mesmo rosa mulher
Todos querem muito bem a rosa
Quero eu ....
Todo mundo também quer
Um amigo meu disse que em samba
Canta-se melhor flor e mulher
E eu que tenho rosas como tema
Canto no compasso que quiser
Rosas...rosas ... rosas...
Rosas formosas são rosas de mim
Rosas a me confundir
Rosas a te confundir
Com as rosas, as rosas, as rosas, de abril
Rosas... rosas... rosas...
Rosas mimosas são rosas de ti
Rosas a me confundir
Rosas a te confundir
Com as rosas, as rosas, as rosas de abril
Rosas a me confundir
Rosas a te confundir
São muitas...são tantas
São todas tão rosas


Das rosas (Dorival Caymmi) - Ana Salvagni(2004)
http://www.mediafire.com/?49xsyngj3px

Das rosas (Dorival Caymmi) - Nair Candia & Jaime Alem(2001)
http://www.mediafire.com/?2thkbntqtts

"Dama do cabare"

Dama do cabaré

Foi num cabaret na Lapa
Que eu conheci você
Fumando cigarro, entornando champanhe no seu soirée
Dançamos um samba, trocamos um tango por uma palestra
Só saimos de lá meia hora depois de descer a orquestra
Em frente à porta um bom carro nos esperava
Mas você se despediu e foi pra casa a pé
No outro dia lá nos Arcos eu andava
À procura da dama do cabaré
Eu não sei bem se chorei no momento em que lia
A carta que eu recebi (não me lembro de quem)
Você nela me dizia
Que quem é da boemia
Usa e abusa da diplomacia
mas não gosta de ninguém.


Dama do cabare (Noel Rosa) - Marcos Sacramento(2006)
http://www.mediafire.com/?5nd1jjxusgv

Dama do cabare (Noel Rosa) - Orlando Silva(1936)
http://www.mediafire.com/?2bx2nm22p0l

"Dada Maria"

Dadá Maria

Mas que alegria vê-la aqui Dadá Maria
Faz um ano que a saudade vem chamando por você
Pra que voltando você traga aqueles dias
De festas, de valentias, da falta do que fazer
Meu companheiro vem vindo de Vitória
Onde a lua canta as mágoas de outros mares de outras águas
Nessa viagem ao rumo de Marajó
Sempre atrás de cantadores não dei um ponto sem nó
De parceria com um tal Dandará
Conheci toda a Bahia, fui ao Belém do Pará
Dadá Maria, sua amiga é quem lhe diz
Não há coisas mais bonitas que as coisas desse país
Mas que alegria vê-la aqui Dadá Maria
Assim toda viajada nas terras do coração
Mas diga a mim as coisas desses confins
Da maneira mais bonita na sua melhor canção
Falar mais posso o tal chavão costumeiro
Que diz sem nenhum favor que Deus era brasileiro
Falar mais posso o tal chavão costumeiro
Que diz sem nenhum favor que Deus era brasileiro
Brasileiro
Brasileiro


Dada Maria (Renato Teixeira) - Gal Costa & Renato Teixeira(1967)
http://www.mediafire.com/?ecngnx1jivh

Dada Maria (Renato Teixeira) - Silvio Cesar & Clara Nunes(1969)
http://www.mediafire.com/?6cklfkrv9vs

"Da cor do pecado"

Da cor do pecado

Esse corpo moreno
Cheiroso e gostoso
Que você tem
É um corpo delgado
Da cor do pecado
Que faz tão bem
Esse beijo molhado
Escandalizado que você me deu
Tem sabor diferente
Que a boca da gente
Jamais esqueceu
E quando você me responde
Umas coisas com graça
A vergonha se esconde
Porque se revela
A maldade da raça
Esse corpo de fato
Tem cheiro de mato
Saudade, tristeza
Essa simples beleza
Esse corpo moreno
Morena enlouquece
Eu não sei bem porque
Só sinto na vida o que vem...
De você
Esse corpo moreno
Cheiroso e gostoso
Que você tem
É um corpo delgado
Da cor do pecado
Que faz tão bem
Esse beijo molhado
Escandalizado que você me deu
Tem sabor diferente
Que a boca da gente
Jamais esqueceu
Tem sabor diferente
Que a boca da gente
Jamais esqueceu
Tem sabor diferente
Que a boca da gente
Jamais esqueceu


Da cor do pecado (Bororo) - Angela Maria(1956)
clique aqui!

Da cor do pecado (Bororo) - Dori Caymmi(2001)
clique aqui!

Da cor do pecado (Bororo) - Celia ao vivo

video