segunda-feira, 22 de novembro de 2010

"Ressurreicao dos velhos carnavais"

Ressurreição dos velhos carnavais

Os dados estão relembrando
Os nossos velhos carnavais
Arlequins sensuais amam Colombinas
De pompons grenàs
Passam na visão dos meus sonhos
Os pierrôs tão tristonhos
A tocar bandolins entre ais
Implorando em vão
A ressurreição
Desses carnavais

Vem, vem, vem Colombina sonhar
Vem, vem
Que Pierrô vive a chorar
Com ansiedade
Triste Pierrô
Se transformou em saudade
Vem, vem, vem Arlequim
Que a tua sina
Era adorar a Colombina
Dos carnavais que não voltam mais
Vem, vem, vem Colombina...


Ressurreicao dos velhos carnavais (Lamartine Babo) - Helena de Lima & Banda da Policia Militar do Estado da Guanabara(1967)
clique aqui!

Ressurreicao dos velhos carnavais (Lamartine Babo) - Os Rouxinois(1963)

Ressurreicao dos velhos carnavais (Lamartine Babo) - Roberto Silva(1960)


A CANÇÃO CONTADA

O ostracismo a que esteve submetido Lamartine Babo foi inversamente proporcional à profissionalização do Carnaval. Lamartine não podia competir com a crescente indústria da folia, que era capaz de eleger sucessos em detrimento da saudável competição dos tempos da Era do Rádio. Agora, por mais perfeitas que fossem as canções, elas não estavam livres do trabalho de caitituagem, que sempre impediu a divulgação de autores não comprometidos com a indústria carnavalesca ou acostumados com os fins e os meios dos meios de comunicação. Definitivamente afastado das festas de Momo, Lamartine virou membro da União Brasileira dos Compositores (UBC). Voltou em 1959, com uma criação especialmente composta para um rancho carnavalesco. Nostálgico, viria às cargas dois anos depois, com “Ressurreição dos Velhos Carnavais”, que se caracteriza pelo tocante saudosismo de seu poeta: “vem arlequim, que a tua sina/ Era adorar a Colombina/Dos carnavais que não voltam mais”.

Extraído do site www.cantopraviver.com.br

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

"Voce foi mais uma"

Você foi mais uma

Quando você desocupou meu coração
Já havia outra esperando habitação
Você passou
Como outras têm passado
Você se enganou,
Eu não estava apaixonado.

Você foi mais uma
Que cruzou o meu caminho.
Você foi mais uma
A quem dei o meu carinho.
Você foi mais uma
Que me deu inspiração.
Você foi mais uma
Que ficou na coleção.


Voce foi mais uma (Cicero Nunes) - Conjunto Arpoador(1968)
clique aqui!

Voce foi mais uma (Cicero Nunes) - Quatro Ases e um Coringa(1951)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

"Fica comigo"

Fica comigo

Fica comigo pra toda a vida
Ó minha vida, fica comigo
Teu lugar é aqui,aqui, aqui, aqui
São dois rios meus olhos
A chorar e a correr atrás de ti
Não vá, meu bem



Fica comigo (Luiz Antonio) - Conjunto Balambossa(1966)
clique aqui!

Fica comigo (Luiz Antonio) - Miltinho & Sexteto Sideral(1960)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

"Benvinda"

Benvinda

Dono do abandono e da tristeza
Comunico oficialmente que há um lugar na minha mesa
Pode ser que você venha por mero favor, ou venha coberta de amor
Seja lá como for, venha sorrindo
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Que o luar está chamando, que os jardins estão florindo
Que eu estou sozinho
Cheio de anseio e de esperança, comunico a toda gente
Que há lugar na minha dança
Pode ser que você venha morar por aqui, ou venha pra se despedir
Não faz mal pode vir até mentindo
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Que o meu pinho está chorando, que o meu samba está pedindo
Que eu estou sozinho
Vem iluminar meu quarto escuro, vem entrando com o ar puro
Todo novo da manhã
Oh vem a minha estrela madrugada, vem a minha namorada
Vem amada, vem urgente, vem irmã
Benvinda, benvinda, benvinda
Que essa aurora está custando, que a cidade está dormindo
Que eu estou sozinho
Certo de estar perto da alegria, comunico finalmente
Que há lugar na poesia
Pode ser que você tenha um carinho para dar, ou venha pra se consolar
Mesmo assim pode entrar que é tempo ainda
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
Ah, que bom que você veio, e você chegou tão linda
Eu não cantei em vão
Benvinda, benvinda, benvinda. benvinda, benvinda



Benvinda (Chico Buarque) - Chico Buarque(1968)
clique aqui!

Benvinda (Chico Buarque) - MPB4(1968)

Benvinda (Chico Buarque) - Taiguara(1968)


A CANÇÃO CONTADA

Com a retumbante presença do tropicalismo, o IV Festival da

Música Popular Brasileira apresentado pela TV Record em 1968,
contou com outras duas novidades: além do júri tradicional, o

público foi convidado a votar. Seria o chamado "júri popular".

Composto com 98 pessoas ao todo e seria dividido em 14 equipes de

7 membros cada. Haveria dois resultados. O prêmio do júri e o prêmio do público.

Outra novidade teve o intuito de preservar as canções das vaias: as 36 músicas

selecionadas seriam previamente apresentadas em um show que não valia a

classificação prá final.

No final, como era de se esperar, o resultado do júri oficial foi diferente

do júri popular. Este decidiu que o samba de Chico, "Benvinda", interpretado por ele

e pelo MPB4 levaria o primeiro lugar.


video

domingo, 7 de novembro de 2010

"Se eu pudesse te dizer tudo que sinto"

Se eu pudesse te dizer tudo que sinto (Silvio Cesar) - Silvana(1974)
clique aqui!

Se eu pudesse te dizer tudo que sinto (Silvio Cesar) - Silvio Cesar(1968)

Se eu pudesse te dizer tudo que sinto (Silvio Cesar) - Wanderley Cardoso(1968)