quinta-feira, 18 de junho de 2009

"Na ribeira deste rio"

Na ribeira deste rio

na ribeira deste rio
ou na ribeira daquele
passam meus dias a fio
nada me impede, me impele
me dá calor ou dá frio

vou vendo o que o rio faz
quando o rio não faz nada
vejo os rastros que ele traz
numa sequência arrastada
do que ficou para trás

vou vendo e vou meditando
não bem no rio que passa
mas só no que estou pensando
porque o bem dele é que faça
eu não ver que vai passando

vou na ribeira do rio
que está aqui ou ali
e do seu curso me fio
porque se o vi ou não vi
ele passa e eu confio


Na ribeira deste rio (Dori Caymmi & Fernando Pessoa) - Monica Salmaso(1998)
clique aqui!

Na ribeira deste rio (Dori Caymmi & Fernando Pessoa) - Renato Braz(2002)


A CANÇÃO CONTADA

A mesma poesia de Fernando Pessoa ("Na ribeira deste rio") ganhou uma outra versão, num fado composto por Mario Pacheco e gravado por Paulo Bragança:

video

Nenhum comentário: